Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
270,00 256,00 260,00
GO MT RJ
252,00 251,00 256,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2330,00
Garrote 18m 2840,00
Boi Magro 30m 3660,00
Bezerra 12m 2010,00
Novilha 18m 2490,00
Vaca Boiadeira 2840,00

Atualizado em: 30/10/2020 09:51

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Até quando vai faltar boi gordo no mercado?

 
 
 
Publicado em 09/10/2020

A Associação Nacional da Pecuária Intensiva (Assocon) acredita que a oferta restrita de boi gordo no Brasil vai continuar até 2023. Segundo a entidade, além da baixa oferta no número de animais, os pecuaristas estão segurando as vendas à espera de preços que cubram os custos de produção.

“Quando se fala em animais terminados, o pecuarista viu o seu custo de produção até dobrar em algumas regiões. Vemos alguma oferta do animal terminado, mas o pecuarista só vai vender por um preço que ele considere justo e que remunere todo o custo embarcado no trato dos animais”, diz Maurício Veloso, presidente da Assocon.

Segundo o presidente da entidade, também houve uma diminuição no confinamento pelo país na ordem de 17% a 30%. “Podemos dizer que a oferta restrita é ocasionada pelo ciclo da atividade e ainda pela concorrência do mercado. Nesse cenário, esse quadro que favorece os preços da arroba e dos animais de reposição deve se sustentar até 2023”, prevê o presidente da Assocon.

Nova estrutura da pecuária

O comentarista do Canal Rural, Miguel Daoud, destaca que o movimento de alta nos preços da pecuária é resultado de uma nova estrutura da cadeia bovina de corte. “No passado, o ciclo da pecuária era de cinco anos. Hoje já temos idade de abate que chegam a três anos e até menos que isso. A pecuária evoluiu e buscou seguir as normas sanitárias de produção, que hoje são uma das principais exigências do mercado. Frigoríficos hoje não compram mais carne sem rastreabilidade. Quando se fala em pecuária no Brasil, sabemos que é uma atividade sustentável”

Para Daoud, os preços do boi seguirão essa tendência de alta, com a demanda externa ainda aquecida. Por outro lado, ele reforça a preocupação com os gastos do produtor. “Com a variação do cambio é possível fazer algum planejamento. Mas, a moeda subiu e permaneceu em patamares elevados. Com isso, o impacto nos insumos da pecuária foi sentido pelo produtor, que vende em reais, mas o custo dele é em dólar. É pecuarista precisa fazer as contas, caso contrário, a conta não vai fechar”, finaliza. Com informações do Canal Rural.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[30/10/2020] - JBS vai processar Joesley e Wesley Batista
[30/10/2020] - Para os Batista, ressarcir é multiplicar
[30/10/2020] - Milho: disparada começa afetar a produção de carne
[30/10/2020] - É hora de vender boi?
[30/10/2020] - Arroba: escalada do boi continua em todo o Brasil
[30/10/2020] - Reposição: escalada agora é puxada pelas fêmeas
[30/10/2020] - Leite: movimento de alta vai continuar?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[30/10/2020] - Agro brasileiro abriu 100 novos mercados
[30/10/2020] - Agro foi o único setor a contratar
[30/10/2020] - Aumento na procura faz desemprego disparar
[29/10/2020] - Reposição dispara e pressiona margem de lucro
[29/10/2020] - Arroba: frigoríficos não conseguem fechar escalas
[29/10/2020] - CEPEA: arroba bate novo recorde
[29/10/2020] - Pecuarista poderá emitir GTA logo após vacinar
[29/10/2020] - Tocantins suspende aglomeração de cavalos
[29/10/2020] - Guedes: criação de empregos está impressionante
[28/10/2020] - Arroba pode bater os R$ 300?
[28/10/2020] - Arroba: frigoríficos com dificuldade para comprar
[28/10/2020] - BNDES acusa JBS de beneficiar os irmãos Batista
[28/10/2020] - Frigol reforça do caixa para enfrentar o mercado
[28/10/2020] - Relação boi x frango é a mais baixa da história
[28/10/2020] - Milho: CEPEA registra preço de R$ 80/sc em SP
[28/10/2020] - Milho dispara quase 10% e bate R$ 70 em MS
[27/10/2020] - Exportações podem bater recorde histórico
[27/10/2020] - Arroba avança rumo aos R$ 280
[27/10/2020] - Boi China é disputado pelos frigoríficos
[27/10/2020] - Frigoríficos voltam a subir valor pago pela vaca
[27/10/2020] - Goiás libera a realização de exposições pecuárias
[27/10/2020] - Leite: pecuaristas preocupados com alta dos custos
[27/10/2020] - Milho: preço bate novos recordes em Mato Grosso
[27/10/2020] - Internet: conexão boa ainda é problema no campo
[27/10/2020] - Vaca é resgatada de telhado em Santa Catarina
[26/10/2020] - Arroba: qual a expectativa para a semana?
[26/10/2020] - Carne: alta no atacado continua
[26/10/2020] - China retira embargo de unidade da Marfrig
[26/10/2020] - Carne: importações chinesas subiram 63%
[26/10/2020] - Leite: alta está acima da média em 2020
[26/10/2020] - CEPEA: disparada do milho segue forte
[26/10/2020] - JBS Friboi inaugura três confinamentos próprios
[26/10/2020] - UE permite que produtos vegetais se chamem carne
[26/10/2020] - Marfrig é sócia em empresa de carne vegetal
[26/10/2020] - Bandidos levam terror a produtores rurais do PR
[23/10/2020] - Arroba: frigoríficos sobem ofertas e não acham boi
[23/10/2020] - Consultor acredita que confinamento caiu 25%
[23/10/2020] - Acionista da JBS pede que Batistas a indenizem
[23/10/2020] - Confiança do consumidor caiu em outubro
[23/10/2020] - Aftosa: Mato Grosso deve adiar retirada da vacina
[22/10/2020] - Mercado já projeta arroba acima de R$ 290
[22/10/2020] - Arroba do boi: alta vai parar nos R$ 270?
[22/10/2020] - Alta do boi alivia custos que não param de subir
[22/10/2020] - China pede correções em frigoríficos embargados
[22/10/2020] - Disparada do milho não dá sinal de trégua
[22/10/2020] - Feiras do Pró-Genética chegarão a São Paulo
[21/10/2020] - Arroba: alta do boi continua
[21/10/2020] - Arroba dispara na Bolsa e passa de R$ 280
[21/10/2020] - Exportações seguem fortes
[21/10/2020] - JBS vai emitir dívida para comprar bois

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br