Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
270,00 256,00 260,00
GO MT RJ
252,00 251,00 256,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2330,00
Garrote 18m 2840,00
Boi Magro 30m 3660,00
Bezerra 12m 2010,00
Novilha 18m 2490,00
Vaca Boiadeira 2840,00

Atualizado em: 30/10/2020 09:51

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Tocantins em alerta sanitário contra o mormo

 
 
 
Publicado em 09/10/2020

O Tocantins voltou a registrar mais um caso de mormo em 2020. O último foi confirmado nesta semana, no município de Araguatins. Ao todo, o estado soma sete casos da doença em 2020. Um número que deixa autoridades sanitárias em alerta, uma vez que não houve nenhum registro da doença no ano passado.

O primeiro caso de mormo no estado neste ano foi confirmado em fevereiro, no município de Formoso do Araguaia. As cidades de Dueré, São Salvador e Santa Fé também registraram casos. Em Araguatins, o animal detectado com o mormo será sacrificado, e a propriedade onde ele estava será liberada pela Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), em breve.

“Estamos investigando para entender o porquê desse aumento de casos de mormo no estado. A primeira ação é verificar quais equídeos estavam próximos a todos a esses animais que foram infectados pela doença, para saber se eles também foram contaminados. É muito importante que o produtor tenha a guia de trânsito animal atualizada para entendermos até onde o mormo pode chegar”, explica Isadora Mello Cardoso, responsável técnica pelo programa de sanidade dos equinos do Tocantins.

Isadora ressalta que a guia de trânsito animal pode ajudar a controlar o avanço da doença. Dos sete animais infectados do mormo, a maioria testou positivo para a doença após passarem pelo exame que é obrigatório para produtores realizarem o transporte dos cavalos.

Com a volta de eventos equestres, os produtores devem redobrar a atenção para evitar que o animal seja contaminado pela doença. “Nesses eventos, é preciso evitar contato direto com outros animais. Além disso, fazer os exames de mormo regularmente, ter cuidado com animais vizinhos, que podem ser acometidos de doenças parecidas com o mormo, são formas eficazes de proteger os animais da doença”, ressalta Isadora.

Ainda segundo a especialista, caso o produtor suspeite que o animal está infectado é preciso ter alguns cuidados extras, como atenção no manejo do cavalo: sempre utilizar máscara e luva, já que o mormo pode ser transmitido para o homem; isolar o animal infectado dos demais da fazenda, mantendo-o afastado de comedores e bebedouros coletivos.

O produtor também pode notificar a suspeita de mormo diretamente para a Adapec, por meio do telefone 0800-631122. Com informações do Canal Rural.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[30/10/2020] - JBS vai processar Joesley e Wesley Batista
[30/10/2020] - Para os Batista, ressarcir é multiplicar
[30/10/2020] - Milho: disparada começa afetar a produção de carne
[30/10/2020] - É hora de vender boi?
[30/10/2020] - Arroba: escalada do boi continua em todo o Brasil
[30/10/2020] - Reposição: escalada agora é puxada pelas fêmeas
[30/10/2020] - Leite: movimento de alta vai continuar?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[30/10/2020] - Agro brasileiro abriu 100 novos mercados
[30/10/2020] - Agro foi o único setor a contratar
[30/10/2020] - Aumento na procura faz desemprego disparar
[29/10/2020] - Reposição dispara e pressiona margem de lucro
[29/10/2020] - Arroba: frigoríficos não conseguem fechar escalas
[29/10/2020] - CEPEA: arroba bate novo recorde
[29/10/2020] - Pecuarista poderá emitir GTA logo após vacinar
[29/10/2020] - Tocantins suspende aglomeração de cavalos
[29/10/2020] - Guedes: criação de empregos está impressionante
[28/10/2020] - Arroba pode bater os R$ 300?
[28/10/2020] - Arroba: frigoríficos com dificuldade para comprar
[28/10/2020] - BNDES acusa JBS de beneficiar os irmãos Batista
[28/10/2020] - Frigol reforça do caixa para enfrentar o mercado
[28/10/2020] - Relação boi x frango é a mais baixa da história
[28/10/2020] - Milho: CEPEA registra preço de R$ 80/sc em SP
[28/10/2020] - Milho dispara quase 10% e bate R$ 70 em MS
[27/10/2020] - Exportações podem bater recorde histórico
[27/10/2020] - Arroba avança rumo aos R$ 280
[27/10/2020] - Boi China é disputado pelos frigoríficos
[27/10/2020] - Frigoríficos voltam a subir valor pago pela vaca
[27/10/2020] - Goiás libera a realização de exposições pecuárias
[27/10/2020] - Leite: pecuaristas preocupados com alta dos custos
[27/10/2020] - Milho: preço bate novos recordes em Mato Grosso
[27/10/2020] - Internet: conexão boa ainda é problema no campo
[27/10/2020] - Vaca é resgatada de telhado em Santa Catarina
[26/10/2020] - Arroba: qual a expectativa para a semana?
[26/10/2020] - Carne: alta no atacado continua
[26/10/2020] - China retira embargo de unidade da Marfrig
[26/10/2020] - Carne: importações chinesas subiram 63%
[26/10/2020] - Leite: alta está acima da média em 2020
[26/10/2020] - CEPEA: disparada do milho segue forte
[26/10/2020] - JBS Friboi inaugura três confinamentos próprios
[26/10/2020] - UE permite que produtos vegetais se chamem carne
[26/10/2020] - Marfrig é sócia em empresa de carne vegetal
[26/10/2020] - Bandidos levam terror a produtores rurais do PR
[23/10/2020] - Arroba: frigoríficos sobem ofertas e não acham boi
[23/10/2020] - Consultor acredita que confinamento caiu 25%
[23/10/2020] - Acionista da JBS pede que Batistas a indenizem
[23/10/2020] - Confiança do consumidor caiu em outubro
[23/10/2020] - Aftosa: Mato Grosso deve adiar retirada da vacina
[22/10/2020] - Mercado já projeta arroba acima de R$ 290
[22/10/2020] - Arroba do boi: alta vai parar nos R$ 270?
[22/10/2020] - Alta do boi alivia custos que não param de subir
[22/10/2020] - China pede correções em frigoríficos embargados
[22/10/2020] - Disparada do milho não dá sinal de trégua
[22/10/2020] - Feiras do Pró-Genética chegarão a São Paulo
[21/10/2020] - Arroba: alta do boi continua
[21/10/2020] - Arroba dispara na Bolsa e passa de R$ 280
[21/10/2020] - Exportações seguem fortes
[21/10/2020] - JBS vai emitir dívida para comprar bois

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br