Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
190,00 173,00 188,00
GO MT RJ
179,00 171,00 179,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1790,00
Garrote 18m 2100,00
Boi Magro 30m 2610,00
Bezerra 12m 1320,00
Novilha 18m 1610,00
Vaca Boiadeira 1860,00

Atualizado em: 26/5/2020 11:27

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Não faltam vacinas para doação à Venezuela

 
 
 
Publicado em 04/12/2018

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) vai enviar nesta terça-feira (4), 1,6 milhão de doses de vacina contra a febre aftosa à Caracas, na Venezuela, embarcadas em um Boeing 767 da FAB. O diretor do DSA (Departamento de Saúde Animal) do Mapa, Guilherme Marques, observa que o Brasil vai doar, no total, 20 milhões de doses, das quais 500 mil já foram enviadas para serem aplicadas no rebanho de Maracay.

As 17,9 milhões de doses restantes ficam sob a guarda do Mapa e deverão ser buscadas por aeronaves venezuelanas. As vacinas seguem em caixas de isopor com gelo e, chegando lá, serão colocadas em câmaras frias para posteriormente serem distribuídas conforme a demanda, sendo colocadas novamente no gelo e enviadas às fazendas.

O diretor prevê que a quantidade doada pelo Brasil, atenda a demanda mais urgente daquele país, em especial, a vacinação de 100% do rebanho de Bolívar, estado vizinho de Roraima. “Boliva tem em torno de 800 mil cabeças de bovinos, ali nós vamos focar as operações do Brasil. Foi acertado com as autoridades venezuelanas que dessas 1,6 milhão de doses, 800 mil vão ser destinadas exclusivamente para a fronteira com o Brasil.

A campanha de imunização de todo o rebanho começou em 1º de novembro e se estenderá até 1º de janeiro. Em maio de 2019, serão vacinados os animais jovens (até 24 meses), mais suscetíveis à doença por nunca terem recebido a proteção vacinal. O rebanho venezuelano soma 17 milhões de cabeças.

Representantes do Centro Pan Americano de Febre Aftosa (Panaftosa) estiveram lá por várias semanas acompanhando, registrando e adequando as câmaras frias, inclusive com a presença de grupo gerador para garantir a manutenção da refrigeração, em caso de interrupção no fornecimento de energia elétrica, mantendo a qualidade das vacinas. Existem pontos de armazenamento na capital, mas há outras câmaras frias distribuídas no país de forma estratégica.

Segundo Marques, o objetivo além de vacinar, é desenvolver uma estratégia de cadastramento das propriedades, inspeção clínica dos animais e coleta de amostras que serão enviadas para o laboratório de referência internacional para febre aftosa, o Lanagro, de Pedro Leopoldo (MG), para acompanhamento da atividade do vírus no rebanho.

As autoridades sanitárias venezuelanas do Insai (Instituto Nacional Agrícola de Saúde Integral) estão acompanhando o processo, colaborando para solução do problema, para a erradicação da febre aftosa daquele país. “O Brasil pela sua experiência pode auxiliar muito as autoridades venezuelanas”, disse Marques. Com informações do MAPA.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[26/05/2020] - Exportações podem fechar maio com alta de 22,6%
[26/05/2020] - Tailândia abre mercado e pode começar a comprar
[26/05/2020] - PIB do Agro crescerá 1,3% no pior caso, diz Ipea
[26/05/2020] - É hora de repor o gado?
[26/05/2020] - Frigoríficos pagam até R$ 10 a mais pelo boi China
[26/05/2020] - Arroba: mercado vive calmaria
[26/05/2020] - Justiça manda Marfrig mudar processos em unidade
[26/05/2020] - Leite: pandemia preocupa muito os produtores
[26/05/2020] - Milho: preço firme
[26/05/2020] - Dólar amplia queda em relação ao real

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[25/05/2020] - Agronegócio será o único setor a crescer em 2020
[25/05/2020] - China: importações de carne bovina cresceram 28%
[25/05/2020] - Produção de carne caiu com força nos EUA
[25/05/2020] - Preço da carne continuará alto
[25/05/2020] - Atacado da carne segue firme
[25/05/2020] - Arroba: mercado prevê oferta curta na entressafra
[25/05/2020] - Marfrig: 25 funcionários afastados em Mato Grosso
[25/05/2020] - Carne contaminada transmite o coronavírus?
[25/05/2020] - Segurança em frigoríficos ficará melhor
[25/05/2020] - ACNB diz que Expoinel 2020 está mantida
[25/05/2020] - Relação de troca do boi com milho segue ruim
[25/05/2020] - Dólar tem nova queda forte
[22/05/2020] - Carne brasileira começa a chegar aos EUA
[22/05/2020] - EUA: estoques de carne caíram
[22/05/2020] - China vai aumentar a importação de carne
[22/05/2020] - PIB da Pecuária bateu R$ 600 bi em 2019
[22/05/2020] - Arroba: como ficará o boi com o fim da safra?
[22/05/2020] - Preço da carne tem leve queda no varejo
[22/05/2020] - Marfrig e Minerva registram casos de Covid-19
[22/05/2020] - Decreto deve evitar fechamento de frigoríficos
[22/05/2020] - Minerva cria fundo para apoiar o varejo
[21/05/2020] - Arroba: nem oferta maior derruba o boi
[21/05/2020] - CEPEA: preço do boi segue firme
[21/05/2020] - CNA: exportações do agro cresceram quase 6%
[21/05/2020] - Dólar cai mais de 1% após BC sinalizar intervenção
[21/05/2020] - JBS reabre unidade no RS
[21/05/2020] - Votação da regularização fundiária é adiada
[20/05/2020] - Frigoríficos aumentam as contratações em MS
[20/05/2020] - Recuperação dos frigoríficos dos EUA deve demorar
[20/05/2020] - Arroba: preços firmes para o boi
[20/05/2020] - Confinamento deve cair 16% em Mato Grosso
[20/05/2020] - Leite: alta do dólar reduz importações
[20/05/2020] - MT: comunicação de vacina pode ser feita por e-mai
[20/05/2020] - Doria promete afrouxar quarentena em junho
[19/05/2020] - Como estão as exportações de carne em maio?
[19/05/2020] - Marfrig: prejuízo com dólar apaga recorde
[19/05/2020] - Marfrig: Brasil tem clientes melhores que os EUA
[19/05/2020] - Arroba: consumo interno não empolga
[19/05/2020] - Boi: já tem frigorífico comprando para junho
[19/05/2020] - Preço do bezerro disparou em Mato Grosso
[19/05/2020] - Unidade da Marfrig tem 14 casos de Covid-19
[19/05/2020] - JBS obtém liminar para retomada de unidade no RS
[19/05/2020] - JBS vai à Justiça para reabrir unidade em SC
[19/05/2020] - Justiça condena responsáveis por leite adulterado
[19/05/2020] - Dólar tem a maior queda desde 29 de abril
[19/05/2020] - Agro responde por 80% das exportações do Paraná
[19/05/2020] - Câmara de SP aprova mega feriadão municipal
[19/05/2020] - China pode ampliar retaliação contra a Austrália
[18/05/2020] - Exportações do Agro batem recorde em abril
[18/05/2020] - Arroba: mercado movimentado na última sexta

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br