Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
143,00 137,00 135,00
GO MT RJ
132,00 133,00 129,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1400,00
Garrote 18m 1640,00
Boi Magro 30m 1900,00
Bezerra 12m 1060,00
Novilha 18m 1220,00
Vaca Boiadeira 1450,00

Atualizado em: 26/2/2015 13:14

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 
 
 
 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Transporte de boi em pé ganha investimento
 
 
Publicado em 07/08/2008

A Siba Ships com base na Itália, a companhia líder mundial de transporte marítimo de gado e a Wellard Rural Exports anunciaram a encomenda de dois novos navios para o transporte de gado, totalizando um investimento de US$250 milhões.

Os navios serão construídos no estaleiro Uljanik, na Croácia, que construiu a nau capitânia da frota de transporte de gado da Siba Ships, o MV Becrux, em 2002.

Cada navio tem capacidade para 17 mil bovinos ou 75 mil ovinos com conforto e segurança. Os navios entrarão em serviço em 2011.

O navio MV Becrux foi o primeiro grande navio para o transporte de gado vivo que firmou a referência para os padrões de bem-estar animal.

Após quase 80 viagens bem-sucedidas, o gado vivo chegou ao seu destino com conforto e bem acomodado, saudável e mais pesado do que quando embarcou.

Os dois novos navios anunciados têm desenho semelhante ao do MV Becrux, com a adição de modificações para a melhoria da eficiência operacional e do bem-estar animal.

Esses navios permitem que os animais cheguem em melhores condições do que quando embarcaram, o que é bom do ponto de vista comercial e do bem-estar animal.

Os novos navios terão 180 metros de comprimento, nove decks de altura e terão uma ventilação mais potente, melhor sistema de distribuição dos alimentos, melhor atendimento aos serviços pecuários e serão mais favoráveis ao meio ambiente.

Terão certificação ambiental voluntária Green Star e também o Green Passport. Certificados são um tipo de "selo de qualidade" dos navios. Eles atestam a redução da poluição por navios com o fim de proteger o ambiente marinho.

O documento "Green Passport" (Passaporte Verde), por exemplo, acompanha o navio através de sua vida útil contendo um inventário de todos os materiais potencialmente perigosos à vida humana ou ao meio ambiente, usados na construção de um navio.

A "Green Star Certification" é um processo formal que envolve um projeto usando uma ferramenta de avaliação para guiar o processo de design ou construção de um navio para que seja "ambientalmente correto".

O controle eletrônico para o motor principal irá gerar menos emissões do que navios de potência semelhante e desenvolverá uma velocidade de 19,8 nós, poupando consideravelmente o tempo de viagem.

A Wellard Rural Exports é a maior exportadora mundial de gado em pé.

Esses novos navios beneficiarão cada participante da cadeia exportadora de gado em pé. Um quarto de bilhão de dólares não é somente um grande investimento na expedição da tonelagem (capacidade do navio), é um grande investimento no futuro da indústria pecuária mundial.

Dados do novo navio

Capacidade: 75 mil ovinos ou 17 mil bovinos, ou combinação de ambos
Espaço do deck: 2,4 hectares
Geração de água potável: 900 toneladas por dia
Capacidade de alimentação: 5 mil toneladas
Mínimo de trocas mecânicas de ar por hora: 70
Velocidade: 20 nós
Comprimento: 180 metros
Altura: 9 decks.

Com informações da Scot Consultoria.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[26/02/2015] - Frigoríficos pagam acima da referência pela arroba
[26/02/2015] - Abates de bois são suspensos devido à greve
[26/02/2015] - Governo tentou acordo, mas greve continua
[26/02/2015] - Bloqueios em estradas afetam abastecimento
[26/02/2015] - CEPEA: exportações de carne ganham força
[25/02/2015] - Governo prevê que pecuária crescerá mais de 10%
[25/02/2015] - Frigoríficos reduzem abates para controlar arroba

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[25/02/2015] - JBS paralisa abates por greve dos caminhoneiros
[25/02/2015] - Graxarias já sofrem com queda no consumo de carne
[25/02/2015] - Frango mais barato pressiona consumo do boi
[25/02/2015] - Combustíveis caros puxam custo do leite
[25/02/2015] - Já falta carne em supermercados
[25/02/2015] - Sem transporte, produtores descartam leite
[24/02/2015] - Arroba: estoques de carne não estão altos
[24/02/2015] - Recuperação de pastos: produção pode subir 500%
[24/02/2015] - Greve dos caminhoneiros paralisa rodovias
[24/02/2015] - Greve já afeta produção de leite e carne em SC
[24/02/2015] - JBS reabre unidades após férias coletivas
[24/02/2015] - Vaca louca não afetará exportações do Canadá
[23/02/2015] - Bezerro caro preocupa pecuaristas
[23/02/2015] - Arroba: escalas curtas, mercado firme
[23/02/2015] - Minerva compra frigorífico na Colômbia
[23/02/2015] - Preço alto trava reposição no Pará
[23/02/2015] - Boi estável no MS
[23/02/2015] - Farelo de soja em queda
[23/02/2015] - BNDES: presidente que ajudou JBS permanece
[23/02/2015] - Registro genealógico deve mudar
[20/02/2015] - Mercado do boi lento após o Carnaval
[20/02/2015] - CEPEA: frigoríficos pressionam por arroba menor
[20/02/2015] - Reposição cada vez mais cara
[20/02/2015] - Leite: produtores protestam 15 indústrias fecharam
[20/02/2015] - Oferta em alta derruba preço do leite
[20/02/2015] - Fertilizantes estão mais caros
[19/02/2015] - Abrafrigo: JBS exerce brutal dominação do mercado
[19/02/2015] - Abates têm queda expressiva no MS
[19/02/2015] - Pecuaristas buscam alternativas para estiagem
[19/02/2015] - Produtores preocupados com a seca em Goiás
[19/02/2015] - Lácteos mais caros em fevereiro
[19/02/2015] - RS: em vez de demitir, Marfrig terá que contratar
[13/02/2015] - Marfrig fecha parcialmente outra unidade
[13/02/2015] - Frigorífico fecha por falta de boi
[13/02/2015] - Carnaval deve ajudar a manter a arroba firme
[13/02/2015] - Mosca do estábulo: um problema sério no MS
[13/02/2015] - Alteração na Lei dos Caminhoneiros é aprovada
[13/02/2015] - Cai produção de caroço de algodão
[13/02/2015] - Canadá confirma caso de vaca louca
[12/02/2015] - Pecuarista resiste à pressão dos frigoríficos
[12/02/2015] - Confinamento: previsão de alta em 2015
[12/02/2015] - CEPEA: frigoríficos ppressionam a arroba
[12/02/2015] - Brasil importa menos lácteos
[12/02/2015] - Empresa da JBS lucra US$ 167 mi no trimestre
[12/02/2015] - Raio mata 68 bois no MS
[12/02/2015] - CNA pressionará por reintegrações de posse
[12/02/2015] - Austrália limita compra de terras por estrangeiros
[11/02/2015] - Caiado quer CPI para investigar BNDES x Friboi
[11/02/2015] - Frigoríficos reduzem abates para pressionar boi
[11/02/2015] - Relação de troca com o bezerro está pior

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br