Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
143,00 137,00 135,00
GO MT RJ
132,00 133,00 130,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1400,00
Garrote 18m 1640,00
Boi Magro 30m 1900,00
Bezerra 12m 1060,00
Novilha 18m 1220,00
Vaca Boiadeira 1450,00

Atualizado em: 27/2/2015 10:57

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 
 
 
 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

RS: Semana tem queda no preço do boi gordo
 
 
Publicado em 22/10/2007
Mais uma semana de queda no mercado do boi gordo no Estado do Rio Grande do Sul. A semana registrou uma redução de 0,87% no preço médio do boi gordo.  O valor ficou em R$ 2,28 o kg vivo. A desvalorização da vaca gorda continua sendo menor, ficando o produto cotado, em média, a R$ 2,09, uma redução de 0,48% na semana.

A pesquisa que acompanha as variações do mercado realizadas pela EMATER/RSASCAR registra para os animais em condições de abate por kg vivo para pagamento com prazos de 20 ou 30 dias, um máximo de R$ 2,35 e o mínimo de R$ 2,20. As categorias de reposição seguem apresentando um movimento inverso. Dada a escassez de oferta, o produto continua valorizado. É satisfatória a recuperação do estado corporal do rebanho geral. Isso graças ao rebrote e à boa recuperação que as pastagens nativas e cultivadas vêm apresentando na maior parte das regiões de importância pecuária.
Apesar de terem acompanhado a alta apresentada pelo mercado do boi gordo nos últimos meses, continua a procura por insumos para formação das novas pastagens de verão. As maiores altas ocorreram no item adubos e corretivos, 11,51 % em nível de Brasil, segundo dados da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA. De acordo com o mesmo informe, o Rio Grande do Sul foi o Estado onde o insumo mais subiu 27,2%. Entre os produtores, continua a expectativa por melhores condições para realização do preparo do solo, principalmente nas regiões onde os volumes das precipitações estão sendo maiores. As informações partem da Assessoria de Imprensa da EMATER.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[27/02/2015] - Governo decide pelo confronto contra caminhoneiros
[27/02/2015] - Greve dos caminhoneiros continua em 5 estados
[27/02/2015] - Qual a previsão para a arroba nos próximos meses?
[27/02/2015] - África do Sul reabre mercado à carne do Brasil
[27/02/2015] - Reposição continua firme e em alta
[27/02/2015] - Frigorífico Kaiowá é parcialmente vendido

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[26/02/2015] - Frigoríficos pagam acima da referência pela arroba
[26/02/2015] - Abates de bois são suspensos devido à greve
[26/02/2015] - Governo tentou acordo, mas greve continua
[26/02/2015] - Bloqueios em estradas afetam abastecimento
[26/02/2015] - CEPEA: exportações de carne ganham força
[25/02/2015] - Governo prevê que pecuária crescerá mais de 10%
[25/02/2015] - Frigoríficos reduzem abates para controlar arroba
[25/02/2015] - JBS paralisa abates por greve dos caminhoneiros
[25/02/2015] - Graxarias já sofrem com queda no consumo de carne
[25/02/2015] - Frango mais barato pressiona consumo do boi
[25/02/2015] - Combustíveis caros puxam custo do leite
[25/02/2015] - Já falta carne em supermercados
[25/02/2015] - Sem transporte, produtores descartam leite
[24/02/2015] - Arroba: estoques de carne não estão altos
[24/02/2015] - Recuperação de pastos: produção pode subir 500%
[24/02/2015] - Greve dos caminhoneiros paralisa rodovias
[24/02/2015] - Greve já afeta produção de leite e carne em SC
[24/02/2015] - JBS reabre unidades após férias coletivas
[24/02/2015] - Vaca louca não afetará exportações do Canadá
[23/02/2015] - Bezerro caro preocupa pecuaristas
[23/02/2015] - Arroba: escalas curtas, mercado firme
[23/02/2015] - Minerva compra frigorífico na Colômbia
[23/02/2015] - Preço alto trava reposição no Pará
[23/02/2015] - Boi estável no MS
[23/02/2015] - Farelo de soja em queda
[23/02/2015] - BNDES: presidente que ajudou JBS permanece
[23/02/2015] - Registro genealógico deve mudar
[20/02/2015] - Mercado do boi lento após o Carnaval
[20/02/2015] - CEPEA: frigoríficos pressionam por arroba menor
[20/02/2015] - Reposição cada vez mais cara
[20/02/2015] - Leite: produtores protestam 15 indústrias fecharam
[20/02/2015] - Oferta em alta derruba preço do leite
[20/02/2015] - Fertilizantes estão mais caros
[19/02/2015] - Abrafrigo: JBS exerce brutal dominação do mercado
[19/02/2015] - Abates têm queda expressiva no MS
[19/02/2015] - Pecuaristas buscam alternativas para estiagem
[19/02/2015] - Produtores preocupados com a seca em Goiás
[19/02/2015] - Lácteos mais caros em fevereiro
[19/02/2015] - RS: em vez de demitir, Marfrig terá que contratar
[13/02/2015] - Marfrig fecha parcialmente outra unidade
[13/02/2015] - Frigorífico fecha por falta de boi
[13/02/2015] - Carnaval deve ajudar a manter a arroba firme
[13/02/2015] - Mosca do estábulo: um problema sério no MS
[13/02/2015] - Alteração na Lei dos Caminhoneiros é aprovada
[13/02/2015] - Cai produção de caroço de algodão
[13/02/2015] - Canadá confirma caso de vaca louca
[12/02/2015] - Pecuarista resiste à pressão dos frigoríficos
[12/02/2015] - Confinamento: previsão de alta em 2015
[12/02/2015] - CEPEA: frigoríficos ppressionam a arroba
[12/02/2015] - Brasil importa menos lácteos

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br