Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
218,00 211,00 209,00
GO MT RJ
209,00 209,00 219,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1890,00
Garrote 18m 2180,00
Boi Magro 30m 2580,00
Bezerra 12m 1400,00
Novilha 18m 1670,00
Vaca Boiadeira 1920,00

Atualizado em: 12/7/2024 09:11

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Frigoríficos derrubam preço para machos e fêmeas

 
 
 
Publicado em 06/06/2024

Com o avanço do período seco, a pressão sobre a taxa de lotação das pastagens aumenta, resultando em uma oferta confortável de boiadas para a indústria, que mantém escalas de abate médias de 10 dias.

O mercado paulista registra queda nos preços. Para as fêmeas, houve redução de R$ 5,00/@ para a vaca e de R$ 2,00/@ para a novilha. Nos machos, a queda foi de R$ 5,00/@ para o boi gordo e para o “boi China”.

As cotações atuais são: R$ 217,00/@ para o boi, R$ 195,00/@ para a vaca e R$ 210,00/@ para a novilha, preços brutos e a prazo. O “boi China” está cotado a R$ 220,00/@, com ágio de R$ 3,00/@, preço bruto e a prazo.

Acompanhe as cotações da arroba do boi gordo e da reposição em: www.pecuaria.com.br/cotacoes.php

Na região Oeste do Maranhão, a arroba do boi caiu R$ 5,00, cotada a R$ 195,00. As fêmeas mantiveram estabilidade, com cotações de R$ 175,00/@, preços brutos e a prazo. Não há referência de “boi China” na região.

Em Alagoas, as escalas atendem 15 dias e o mercado registrou queda nas cotações das fêmeas. A vaca recuou R$ 3,00/@ e a novilha R$ 2,00/@. O boi está cotado a R$ 235,00/@, a vaca a R$ 217,00/@ e a novilha a R$ 223,00/@. Não há referência de “boi China” na região. Todos os preços são brutos e a prazo.

No Triângulo Mineiro, o mercado estável, mas pressionado, mostra cotações de R$ 202,00/@ para o boi, R$ 175,00/@ para a vaca e R$ 195,00/@ para a novilha. O “boi China” está cotado a R$ 210,00/@, com ágio de R$ 8,00/@. Todos os preços são brutos e a prazo. Com informações da Scot.


Quer vender seus animais? Anuncie no Pecuária.com.br! Clique aqui e veja como fazer. 


 


   Leia também:
 
[12/07/2024] - Impostos sobre imóveis podem chegar a 25%
[12/07/2024] - Carne isenta de impostos é decisão histórica
[12/07/2024] - Arroba do boi volta a subir
[12/07/2024] - Risco de calote aumenta custo do crédito rural
[12/07/2024] - Aliados de Lula ajudam a eleger membros do MST
[11/07/2024] - Câmara aprova imposto zero para todas as carnes
[11/07/2024] - Como está o preço do boi em SP, RO e Paraná?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[11/07/2024] - Frigoríficos tentam segurar o preço do boi
[11/07/2024] - PIB do Agro caiu em 2024
[11/07/2024] - Em SP, exportações do Agro crescem e têm superávit
[10/07/2024] - Bancada do Agro exige carnes na cesta básica
[10/07/2024] - Senado adia PEC do marco temporal para outubro
[10/07/2024] - Cai a participação de fêmeas nos abates em MT
[10/07/2024] - Cotação do boi China subiu
[09/07/2024] - Exportações de carne bovina disparam 41% em julho
[09/07/2024] - Carne fora da cesta básica aumenta insegurança
[09/07/2024] - Vendas de carne melhoram e podem puxar a arroba
[09/07/2024] - PEC do marco temporal deve avançar no Senado
[09/07/2024] - Girolando chega à Nigéria
[08/07/2024] - Lula tenta nova aproximação com o agronegócio
[08/07/2024] - Carne ficará mais cara para o consumidor
[08/07/2024] - Bancada pressiona por carnes na cesta básica
[08/07/2024] - Como estão os preços do boi em SP, Goiás e Minas?
[08/07/2024] - Milho: preços caem ainda mais
[08/07/2024] - Vacinação contra brucelose é prorrogada em Goiás
[05/07/2024] - Exportações de carne: alta de 27,3% no semestre
[05/07/2024] - Exportações perderam força em junho
[05/07/2024] - Produção de leite em alta no Paraná
[05/07/2024] - Boi: cenário é de alta no curto prazo
[05/07/2024] - Preço da vaca sobe em São Paulo
[04/07/2024] - Tendência de alta para o boi continua
[04/07/2024] - Mercado do boi atual pode favorecer confinamento
[04/07/2024] - Carne terá imposto na reforma tributária
[04/07/2024] - Preço dos laticínios dispara em Goiás
[04/07/2024] - Plano Safra é lançado, mas juros altos preocupam
[04/07/2024] - Bancada do Agro faz criticas ao Plano Safra
[04/07/2024] - Verba para máquinas agrícolas deve durar pouco
[03/07/2024] - Arroba mais cara já é realidade, diz a Safras
[03/07/2024] - Mercado do boi lento em São Paulo
[03/07/2024] - Em rádio, Lula nega invasões do MST
[03/07/2024] - FPA diz que tem boa vontade com governo
[02/07/2024] - Cade deve aprovar compra da Marfrig pela Minerva
[02/07/2024] - Carne chique pode pagar um impostozinho, diz Lula
[02/07/2024] - Agro sofre com a falta de mão-de-obra em MT
[02/07/2024] - Início de mês devagar no mercado do boi
[02/07/2024] - PIB da Pecuária de Mato Grosso deve crescer 10%
[02/07/2024] - Milho: safra será menor em Mato Grosso
[02/07/2024] - Produtores rurais gaúchos marcam protesto
[01/07/2024] - Vai faltar dinheiro do Plano Safra
[01/07/2024] - Como ficará o mercado do boi até o fim do ano?
[01/07/2024] - Como está o preço do boi em SP, RJ e SC?
[01/07/2024] - Milho: avanço da colheita derruba preços
[01/07/2024] - Câmara analisa projetos anti-MST nesta semana
[01/07/2024] - Governo estuda taxar investimento no agronegócio
[28/06/2024] - Lula quer controle de preços dos alimentos
[28/06/2024] - Pecuaristas otimistas com dólar mais alto?
[28/06/2024] - Negociações com frigoríficos estão difíceis em SP

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br