Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
311,00 306,00 307,00
GO MT RJ
299,00 295,00 296,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2850,00
Garrote 18m 3190,00
Boi Magro 30m 3980,00
Bezerra 12m 2190,00
Novilha 18m 2800,00
Vaca Boiadeira 3090,00

Atualizado em: 3/8/2021 10:40

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Exportações de carne: alta de 2% no faturamento

 
 
 
Publicado em 08/06/2021

As exportações brasileiras de carne bovina apresentaram um aumento de 2,2% no faturamento entre janeiro e maio deste ano, somando US$ 3,2 bilhões em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec). No acumulado do ano foram exportadas 710.093 toneladas, diferença de 2,9% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando os embarques somaram 731.422 toneladas.

Na comparação entre o mês de maio com abril de 2021, as exportações somaram US$ 725,2 milhões, uma alta de 2,5% no faturamento ante US$ 707,2 milhões. O volume embarcado no período ficou em 149,8 mil toneladas, leve desaceleração de 1,4%. As exportações para China cresceram 7,6% no período para 67.317 toneladas, um aumento de 11% em faturamento que fechou o período em US$ 343,2 milhões. As exportações para os Estados Unidos apresentaram alta de faturamento de 12,9%, passando de US$ 65,3 milhões para US$73,8 milhões, com embarque de 10.728 toneladas, um alta de 20,1%.

Ao avaliar maio de 2021 em comparação com maio de 2020, o ritmo de crescimento desacelerou em 7% no faturamento que passou de US$ 779,9 milhões para US$ 725,2 milhões. O ritmo dos embarques também foi menor no período, passando de 182,6 mil toneladas para 149,8 mil toneladas.

Principais destinos

A China segue como o principal destino das exportações de carnes, tendo somado 317.081 toneladas embarcadas entre janeiro e maio, um aumento de 10,4% em relação às 287,2 mil toneladas embarcadas nos primeiros cinco meses do ano passado. O faturamento no período cresceu 5,4% e fechou em US$ 1,5 bilhão. O volume embarcado para os Estados Unidos também cresceu no período e ficou em 33.800 toneladas, alta de 165,6%, enquanto o faturamento aumentou 149% e encerrou o período em US$ 250,7 milhões. Outro país de destaque no período foi Filipinas, com crescimento de 111% no faturamento, que chegou a US$ 106,2 milhões, com crescimento de 78,6% no volume embarcado, que passou de 14,6 mil toneladas para 26,1 mil toneladas.

A comparação de maio deste ano com maio passado também aponta os Estados Unidos entre os mercados de destaque com aumento de 175,6% no faturamento, que passou de US$ 26,7 milhões para US$ 73,8 milhões e crescimento de 186,3% no volume, com embarques de 10.728 toneladas. A receita com exportações para o Chile cresceu 146,4%, passando de US$ 13,5 milhões para US$ 33,4 com crescimento de 97,6% nos embarques para 6.981 toneladas. Foram exportadas 4.474 toneladas para a União Europeia, um crescimento de 15,1%, passando de 3,8 mil toneladas para 4,5 mil toneladas, enquanto o faturamento aumentou 21,7%, passando de US$ 24,7 milhões para US$ 30 milhões. Com informações da Abiec.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[03/08/2021] - Preço da carne bovina exportada dispara 30%
[03/08/2021] - Boi já sinaliza para alta em Rondônia e no Pará
[03/08/2021] - Arroba: semana começou firme
[03/08/2021] - Pecuarista continua perdendo poder de compra
[03/08/2021] - Importações de milho dispararam
[03/08/2021] - Milho: safrinha em Mato Grosso será 10% menor

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[02/08/2021] - Arroba: Dia dos Pais pode puxar cotações
[02/08/2021] - Arroba: no compasso do consumidor
[02/08/2021] - Milho já é negociado a R$ 107 a saca
[02/08/2021] - Quebra da safra de milho foi pior que o esperado
[02/08/2021] - Fundos de investimento no Agro começam a valer
[02/08/2021] - FGV: confiança empresarial em alta
[02/08/2021] - Indústria brasileira: maior crescimento em 5 meses
[30/07/2021] - ALERTA: Peste suína africana chega à América
[30/07/2021] - Leite: preço recorde não ajuda o produtor
[30/07/2021] - Arroba: agosto deve começar com boi em alta
[30/07/2021] - Arroba: frigoríficos reduzem ofertas pela vaca
[30/07/2021] - Agro liderou a criação de empregos em junho
[30/07/2021] - Leite: Governo de MT quer intervir no mercado
[30/07/2021] - Vai faltar adubo no Brasil?
[30/07/2021] - Governo muda classificação de produtores rurais
[29/07/2021] - Brasil criou mais de 1,5 mi de empregos em 2021
[29/07/2021] - Arroba: frigoríficos até pagam mais, mas não falam
[29/07/2021] - Arroba: onda de frio deixa frigoríficos em alerta
[29/07/2021] - CEPEA: mercado firme para o boi
[29/07/2021] - China: queda da carne suína bate na carne bovina
[29/07/2021] - China promete intervir no mercado da carne
[29/07/2021] - Concentração de frigoríficos na mira dos EUA
[29/07/2021] - Leite: setor vive momento de guerra
[29/07/2021] - Milho: a maior quebra de safra da história no PR
[29/07/2021] - Carne bovina movimentou R$ 747 bi em 2020
[29/07/2021] - Setor de máquinas cresce, puxado pelo Agro
[29/07/2021] - IGP-M vem menor que o esperado em julho
[28/07/2021] - Boatos são espalhados para derrubar o preço do boi
[28/07/2021] - Analistas já prevêem a arroba a R$ 350
[28/07/2021] - Frigoríficos pedem socorro ao governo
[28/07/2021] - Arroba: mercado começa a virar para alta
[28/07/2021] - Arroba: preço do boi recua em Mato Grosso
[28/07/2021] - Leite: produtores deixaram a atividade no RS
[28/07/2021] - Milho: pequeno produtor é refém do preço alto?
[27/07/2021] - Exportações podem bater novo recorde em julho
[27/07/2021] - Bezerro dispara nos EUA e indica boi mais caro
[27/07/2021] - Virada do mês deve trazer alta para o boi
[27/07/2021] - Arroba: pecuarista precisa endurecer o jogo
[27/07/2021] - Como estão o mercado do boi e reposição em Goiás?
[27/07/2021] - Milho: preço volta a bater os R$ 100
[27/07/2021] - Milho: indústrias buscam cereal na Argentina
[27/07/2021] - Frio polar: veja onde a geada será mais forte
[26/07/2021] - Arroba: frigoríficos podem tentar derrubar o boi
[26/07/2021] - Milho: preocupações dominam o mercado
[26/07/2021] - Greve dos caminhoneiros aconteceu?
[26/07/2021] - Ministro e governador defendem a Ferrogrão
[26/07/2021] - Confiança do consumidor: maior nível em 9 meses
[23/07/2021] - Contrabando de bois: ação da polícia apreende gado
[23/07/2021] - Arroba: não está sobrando boi
[23/07/2021] - Arroba: onde o boi subiu?

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br