Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
299,00 288,00 294,00
GO MT RJ
285,00 294,00 290,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2850,00
Garrote 18m 3110,00
Boi Magro 30m 3890,00
Bezerra 12m 2520,00
Novilha 18m 2870,00
Vaca Boiadeira 3140,00

Atualizado em: 17/5/2021 10:10

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Nelore: pesquisa acha gene de qualidade da carne

 
 
 
Publicado em 09/04/2021

Pesquisadores conseguiram decifrar qual a relação entre o DNA e a qualidade da carne da raça Nelore, que responde por 80% do rebanho nacional. Eles conseguiram juntar a informação dos marcadores de DNA com a informação da quantidade de RNA de cada gene no músculo do animal. Essa conexão permitiu elaborar o mapa do genoma do Nelore para identificar as regiões que mais interferem no nível de expressão do gene.

A descoberta representa um passo importante no uso da informação genética para melhorar a qualidade da carne e a eficiência alimentar em bovinos Nelore. Eles conseguiram identificar regiões do genoma que controlam a expressão dos genes relacionados a essas características. O avanço permitirá o uso da biotecnologia para realizar melhoramentos com mais precisão no intuito de obter animais com desempenho zootécnico aprimorado e que ofereçam carne de melhor qualidade, características extremamente interessantes para o mercado.

Segundo a pesquisadora da Embrapa Pecuária Sudeste (SP) Luciana Regitano, que faz parte do grupo que desenvolve esses estudos, as regiões que mais interferem no nível de expressão do gene, são chamados de eQTL (Expression Quantitative Trait Loci).

A informação genética contida no DNA do Nelore nem sempre se manifesta no animal. Características ligadas à qualidade da carne, como maciez e quantidade de gordura subcutânea, por exemplo, só estarão expressas se, em determinado momento, o DNA conseguir transmitir essa informação para que ela se torne “visível” no bovino. Para descobrir esse mecanismo de transmissão, cientistas estão investindo na conexão de informações de diferentes origens.

“Quando foram inspecionadas as regiões do genoma que regulam os fenótipos (que mais contribuem para a maciez da carne, para a quantidade de gordura subcutânea, para a eficiência alimentar ou outras características visíveis), descobriu-se que não existem genes dentro delas”, explicou ela. Ou seja, aqueles pontos do genoma que mais afetam a variação de maciez, de quantidade de gordura, de concentração de ferro e outras características são desertos gênicos.

A grande lacuna são os fatores de regulação da expressão. Quando a pesquisa mapeia essas regiões, está mapeando elementos regulatórios do genoma que afetam muitos genes simultaneamente, por isso eles têm uma importância tão grande na variação do fenótipo, para saber se o animal é mais produtivo ou menos produtivo.

Os pesquisadores agora esperam identificar quais são as mutações nos genes que propiciariam a edição do genoma. Em caráter experimental, a edição já é feita, mas um dos grandes pontos ainda em aberto é conhecer quais mutações determinam um fenótipo como, por exemplo, aquelas que resultarão em animais mais produtivos ou menos produtivos.
A pesquisa genômica procura detalhar mecanismos biológicos que explicam diferenças na quantidade de gordura subcutânea, gordura entremeada na carne, no perfil de ácidos graxos e outras características do Nelore. Até o momento, após a análise de 800 animais, os estudos apresentam uma extensa variação genética do Nelore para essas características que interessam à produção.

Os pesquisadores descobriram também que há regiões do genoma importantes para regular essa variação. “O genoma começa a ser explorado e deixa de ser uma caixa-preta. O grupo agora tem condições de apontar a região específica do cromossomo que explica a diferença entre os animais”, afirma Luciana.

Os cientistas querem saber como essas informações se expressam. Para isso, fizeram o sequenciamento de todo o RNA mensageiro e dos miRNAs do músculo de 200 animais, dos quais já tinham informações sobre qualidade de carne. Em médio prazo, a pesquisa vai favorecer produtores de gado de corte de elite que vão poder se beneficiar de estimativas mais acuradas de valor genético.

Em longo prazo, a população será favorecida, pois terá acesso a uma carne mais macia e mais saudável, e os pecuaristas terão seus custos de produção reduzidos por meio da melhora na eficiência alimentar dos animais.

Há mais de 20 anos a comunidade científica fala em usar a informação do genoma para selecionar reprodutores. Há apenas seis anos, a seleção genômica foi inserida nos processos de melhoramento. “Antes não havia ferramental tecnológico para executá-la”, conta Regitano.

Além da Embrapa e da Esalq-USP, também participam a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP (FMVZ-USP), Iowa State University, University of Missouri, Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation (CSIRO), University of Wisconsin. Também fazem parte da pesquisa a Embrapa Informática Agropecuária (SP) e a Embrapa Gado de Corte (MS). Com informações da Embrapa e do Agrolink.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[17/05/2021] - Leite: produtor pede socorro em manifestação
[17/05/2021] - Pecuaristas pedem mais liberdade
[17/05/2021] - Preço do arrendamento dispara em Mato Grosso

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[14/05/2021] - Boi chegou ao limite de baixa?
[14/05/2021] - Arroba: poucos negócios no mercado do boi
[14/05/2021] - Unidade da Marfrig é liberada a exportar aos EUA
[14/05/2021] - Milho: produtores estão segurando vendas
[14/05/2021] - MAPA abre novos mercados para o gado brasileiro
[14/05/2021] - Produtores vão a manifestação a favor de Bolsonaro
[13/05/2021] - Quebra de safra de milho preocupa frigoríficos
[13/05/2021] - Prefeito é condenado por receptação de gado
[13/05/2021] - Quanto valerá o boi no final de 2021?
[13/05/2021] - Arroba: pressão de baixa ainda segue
[13/05/2021] - Arroba: mercado paulista está bem lento
[13/05/2021] - Arroba: situação melhorou para os frigoríficos
[13/05/2021] - JBS lucrou R$ 2 bilhões em um trimestre, recorde
[13/05/2021] - Marfrig prioriza exportações a partir do Uruguai
[13/05/2021] - Leite: Mercosul tem concorrência desleal
[13/05/2021] - Expoinel 2021 deve ser presencial, diz ACNB
[13/05/2021] - Câmara aprova novo licenciamento ambiental
[13/05/2021] - Fábrica de ração gera economia para família em SC
[13/05/2021] - Hoje é o Dia do Zootecnista
[13/05/2021] - Argentina volta a travar exportação de carne
[12/05/2021] - Arroba: escalas alongadas não vão durar
[12/05/2021] - Arroba: pecuaristas travam as vendas em SP
[12/05/2021] - Abate de bovinos caiu 10% em 2021
[12/05/2021] - Marfrig tem resultado recorde no trimestre
[12/05/2021] - Sauditas querem travar importações do Brasil
[12/05/2021] - Safra brasileira será a maior da história em 2021
[12/05/2021] - Conab prevê milho safrinha menor
[12/05/2021] - Quanto está valendo o milho hoje?
[11/05/2021] - Arroba: boi começou a semana em queda
[11/05/2021] - Arroba: frigoríficos reduzem oferta por fêmeas
[11/05/2021] - Exportações de carne bovina caem em maio
[11/05/2021] - Abates cresceram em Mato Grosso
[11/05/2021] - Sauditas tentam explicar embargo ao Brasil
[11/05/2021] - Câmara discute importação de leite do Mercosul
[11/05/2021] - Novo licenciamento ambiental pode ser votado hoje
[10/05/2021] - Arroba: boi parou de cair
[10/05/2021] - Arroba: frigoríficos seguraram compras em SP
[10/05/2021] - Quando o boi volta a subir?
[10/05/2021] - Milho: safrinha pode ser 7% menor
[10/05/2021] - Milho: saca já bate os R$ 110
[10/05/2021] - Preço da terra dispara 50% no Paraná
[10/05/2021] - CNA: retirar vacinação abrirá novos mercados
[07/05/2021] - Arroba: volume de negócios está fraco
[07/05/2021] - Quanto está valendo o boi em São Paulo?
[07/05/2021] - China: importações de carne próximas a recorde
[07/05/2021] - Arábia Saudita embarga frigoríficos brasileiros
[07/05/2021] - O que está por trás do embargo saudita?
[07/05/2021] - Câmara aprova cota para leite nacional na merenda
[07/05/2021] - Polícia faz operação contra roubo de gado em MS
[07/05/2021] - Bolsonaro vai a manifestação de produtores rurais

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br