Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
311,00 291,00 301,00
GO MT RJ
296,00 299,00 286,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2890,00
Garrote 18m 3360,00
Boi Magro 30m 3970,00
Bezerra 12m 2550,00
Novilha 18m 3090,00
Vaca Boiadeira 3300,00

Atualizado em: 9/4/2021 10:23

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Bolsonaro zera impostos federais sobre o diesel

 
 
 
Publicado em 19/02/2021

Após um novo reajuste de combustíveis pela Petrobrás, o presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira, 18, durante live semanal no Facebook, que a partir de 1.° de março não haverá qualquer imposto federal sobre o preço do óleo diesel. Bolsonaro considerou o aumento anunciado pela Petrobrás, o quarto do ano, “fora da curva” e “excessivo”. Ele reforçou que não pode interferir na estatal, mas ressaltou que a medida “vai ter consequência”.

Os impostos federais que incidem sobre o diesel são PIS, Cofins e Cide. Com o anúncio da estatal, óleo diesel vai ficar 15,2% mais caro a partir de hoje, e a gasolina, 10,2%. Em 2021, diesel e a gasolina já acumulam alta de 27,5% e 34,8%, respectivamente.

“A partir de 1.º de março não haverá qualquer imposto federal no diesel por dois meses”, disse Bolsonaro na live. Durante os dois meses de isenção, ele afirmou que o governo estudará medidas para buscar zerar os tributos federais sobre o produto no longo prazo. “Até para ajudar a contrabalançar esse aumento, no meu entender, excessivo da Petrobrás”, disse.

O presidente sugeriu, sem entrar em detalhes, que “alguma coisa” acontecerá na petrolífera nos próximos dias. “Não posso interferir e nem iria interferir (na empresa). Se bem que alguma coisa vai acontecer na Petrobrás nos próximos dias, tem de mudar alguma coisa”, disse. A Petrobrás afirmou ontem que não comentaria as declarações sobre a empresa e seu presidente, Roberto Castello Branco.

A redução do PIS/Cofins no óleo diesel anunciada por Bolsonaro atende a uma demanda de caminhoneiros, base de apoio do presidente que tem pressionado o governo por causa do aumento do combustível. Em ameaça indireta a Castello Branco, o presidente citou que o comandante da estatal chegou a dizer, há alguns dias, que não tinha “nada a ver com os caminhoneiros”.

“Como disse o presidente da Petrobrás, há poucos dias: ‘Eu não tenho nada a ver com caminhoneiro’. Foi o que ele falou. Isso vai ter uma consequência, obviamente”, disse Bolsonaro.

Antes da manifestação na live, o presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim, o Chorão, havia divulgado nota criticando o novo reajuste. Ele questionou diretamente o governo. “Na pessoa do presidente da República, (o governo) sinalizou a diminuição dos impostos federais dos combustíveis e vamos para o quarto aumento consecutivo (...) se mantendo inerte.”

Ao lado do presidente na transmissão ao vivo, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que a redução no PIS/Cofins por dois meses é uma “ emergencial” enquanto o governo analisa formas de “combater a volatilidade do preço do diesel”.

Em outra frente, o governo enviou um projeto ao Congresso para que o ICMS, imposto estadual, tenha valor fixo. “A proposta nossa é que o Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) decida qual é o valor do ICMS em cada tipo de combustível. Não é interferência nossa, o Confaz vai decidir”, disse Bolsonaro. O presidente sugeriu ainda que o Confaz possa delimitar um valor máximo para os combustíveis nos Estados.

Gás

O gás de cozinha também terá impostos federais zerados. A redução, segundo Bolsonaro, será permanente. “Hoje à tarde, reunido com a equipe econômica, tendo à frente o ministro Paulo Guedes, decisão nossa, a partir de 1.º de março, não haverá mais qualquer tributo federal no gás de cozinha.”

“(O preço do gás de cozinha) está em média R$ 90, na ponta, lá para o consumidor. E o preço na origem está abaixo de R$ 40. Então, se está R$ 90, os R$ 50 aí é ICMS, imposto estadual.”  Com informações do portal Estadão.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[09/04/2021] - Arroba: carne pode subir no mercado doméstico?
[09/04/2021] - Incertezas travam mercado do boi
[09/04/2021] - Preço do boi firme no Rio Grande do Sul
[09/04/2021] - JBS nega ter vendido carne imprópria
[09/04/2021] - Milho: preços seguem acima de R$ 100
[09/04/2021] - Alta de custos preocupa setor de aves e suínos
[09/04/2021] - Nelore: pesquisa acha gene de qualidade da carne

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[09/04/2021] - Petrobras anuncia queda no preço do diesel
[09/04/2021] - Inflação: IPCA subiu menos que a expectativa
[09/04/2021] - IGP-M perde força em abril
[09/04/2021] - Austrália: exportações têm pior nível em 10 anos
[08/04/2021] - Arroba: frigoríficos pagam acima da referência
[08/04/2021] - Scot: boi China chega a R$ 320
[08/04/2021] - CEPEA: peste suína puxa vendas de carne do Brasil
[08/04/2021] - Carcaça bovina sobe com alta da arroba
[08/04/2021] - PIB da Pecuária deve crescer quase 30% em MT
[08/04/2021] - JBS: operação investiga venda de carne imprópria
[08/04/2021] - Falta de chuvas pode prejudicar ainda mais o milho
[08/04/2021] - Brasil baterá recorde na produção de grãos
[08/04/2021] - Agro responde por 82% das exportações de Goiás
[07/04/2021] - Arroba: frigoríficos não completam escala em SP
[07/04/2021] - Boi já chega a R$ 307 em Mato Grosso
[07/04/2021] - Arroba: tendência é bater os R$ 320
[07/04/2021] - Vender carne bovina no Brasil não é bom negócio?
[07/04/2021] - Bolsonaro pede que Rússia libere mais frigoríficos
[07/04/2021] - Produtor recebe cada vez menos pelo leite
[07/04/2021] - Leite: produção caiu, mas demanda não ajuda
[07/04/2021] - Milho: preço dispara e bate os R$ 100
[07/04/2021] - Milho: qual a expectativa para os preços?
[07/04/2021] - Crédito rural está ameaçado
[07/04/2021] - Tereza: ambiente e comércio são aliados
[07/04/2021] - Embrapa trabalha em vacina contra o carrapato
[06/04/2021] - Boi volta a bater recorde
[06/04/2021] - Arroba: frigoríficos seguram compras e olham
[06/04/2021] - Preço da carne bovina exportada subiu quase 5%
[06/04/2021] - Bezerro deve continuar caro?
[06/04/2021] - Frigol fecha unidade citando mercado interno ruim
[06/04/2021] - Produtores de suínos reclamam da margem do varejo
[06/04/2021] - Milho já chega próximo dos R$ 100 na Bolsa
[06/04/2021] - Preço do milho disponível bate recorde
[06/04/2021] - Fazenda é invadida por 500 garimpeiros em MT
[05/04/2021] - Exportações de carne subiram quase 6% em março
[05/04/2021] - Bezerro caro deve derrubar confinamento em 10%
[05/04/2021] - Arroba bate recorde e acumula alta de 18% em 2021
[05/04/2021] - Preço do boi vai continuar subindo em abril?
[05/04/2021] - Scot: arroba voltou a subir em SP
[05/04/2021] - Milho disparou e subiu quase 10% em março
[05/04/2021] - Mato Grosso muda emissão de GTA
[01/04/2021] - Arroba do boi volta a subir e bate recorde em SP
[01/04/2021] - CEPEA: alta do bezerro é sinal de alerta
[01/04/2021] - Lácteos valorizam, mas produtor não vê alta
[01/04/2021] - Agro tem a maior geração de emprego desde 2011
[01/04/2021] - Epidemia de peste suína volta ao norte da China
[01/04/2021] - ABCZ cancela a Expozebu presencial
[01/04/2021] - Setor de rações espera crescer apesar dos preços
[31/03/2021] - Não está fácil fechar a conta do boi
[31/03/2021] - Arroba: o que diz o mercado futuro?

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br