Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
279,00 266,00 274,00
GO MT RJ
271,00 264,00 274,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2400,00
Garrote 18m 2940,00
Boi Magro 30m 3660,00
Bezerra 12m 2100,00
Novilha 18m 2630,00
Vaca Boiadeira 2850,00

Atualizado em: 25/11/2020 08:46

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Enchentes podem espalhar peste suína na China

 
 
 
Publicado em 31/07/2020

Inundações no sul da China despertam a preocupação de novos surtos de peste suína africana, o que poderia atrasar o reabastecimento de suínos no maior produtor mundial de carne de porco.

As chuvas torrenciais e persistentes desde junho causaram as piores enchentes em décadas em áreas ao longo do rio Yangtze. Inundações em várias áreas submergiram propriedades, afogaram porcos, atrasaram a construção de novas fazendas e obrigaram agricultores a abater alguns animais, de acordo com pesquisa realizada por um portal do setor. Não se sabe quantos porcos foram perdidos nas enchentes.

Agricultores foram os mais atingidos nas províncias de Hubei, Jiangxi, Hunan e Anhui, que têm cerca de 20 milhões de suínos, mais da metade deles criados em pequenas fazendas, segundo a pesquisa. O estoque de suínos da China somava 340 milhões no fim de junho.

A maioria dos 200 agricultores pesquisados disse que as inundações atrasariam o reabastecimento, e alguns sofreram enormes perdas financeiras.

Os estoques de suínos nessas províncias caíram pelo menos 7% em julho em relação a maio, em parte devido à venda motivada por pânico de suínos com baixo peso, disse Zheng Lili, gerente-geral da Shandong Yongyi Consultant, em conferência online na quarta-feira.

Riscos de doenças

Há uma boa chance de surtos mais amplos de peste suína, disse Pan Chenjun, analista sênior de pecuária do Rabobank. "Normalmente, inundações trazem maiores riscos de doenças", disse. Surtos de peste suína africana, registrados pela primeira vez entre porcos da China em 2018, mataram quase metade dos plantéis do país no ano passado.

Na quinta-feira, o Ministério de Gestão de Emergências pediu que as províncias mais atingidas colocassem em prática medidas para a prevenção de epidemias e desinfecção quando os níveis de água baixarem.

A Muyuan Foodstuff, segundo maior criador de porcos da China, disse que vê pouco impacto das inundações no sul, pois a maioria de suas fazendas na área ainda não está operando. A New Hope Group disse que o mau tempo atrasou a reprodução em algumas fazendas, mas o efeito geral foi pequeno, enquanto a Jiangxi Zhengbang afirmou que os planos de controle de inundações foram preparados com antecedência para evitar danos. 

A escassez de carne suína pode continuar a sustentar fortes preços domésticos até o primeiro trimestre de 2021, disse Pan, do Rabobank.  Com informações da Bloomberg.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[25/11/2020] - Qual a perspectiva para o boi em 2021?
[25/11/2020] - Arroba: pecuarista continua recusando oferta menor
[25/11/2020] - Alta na arroba não alivia situação do pecuarista
[25/11/2020] - Frigoríficos exportadores sob pressão
[25/11/2020] - Milho: preços futuros em queda
[25/11/2020] - Leite: preço subiu menos que o custo no RS
[25/11/2020] - Frigoríficos gaúchos cobram taxa do século passado

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[25/11/2020] - IPEA prevê crescimento menor do Agro
[25/11/2020] - China ameaça Brasil por tuíte de Eduardo Bolsonaro
[24/11/2020] - Frigoríficos usam domínio para derrubar o boi
[24/11/2020] - Arroba: pecuaristas não aceitam ofertas menores
[24/11/2020] - Exportações perdem força mas recorde é provável
[24/11/2020] - Frigoríficos não conseguem alongar as escalas
[24/11/2020] - Consultoria prevê que pressão sobre o boi continua
[24/11/2020] - Seca leva produtores do RS ao desespero
[24/11/2020] - Governo vai cobrar IPVA de trator?
[23/11/2020] - Arroba: analista crê em alta do boi em dezembro
[23/11/2020] - Arroba: frigoríficos fora das compras
[23/11/2020] - Carne recua no atacado
[23/11/2020] - Milho: como está o mercado no início da semana?
[23/11/2020] - Bolsonaro: conservação ambiental com prosperidade
[23/11/2020] - Como registrar gratuitamente seu trator?
[23/11/2020] - Vândalos destroem silos com soja na Argentina
[20/11/2020] - Leite: deputados pedem travas às importações
[20/11/2020] - Arroba: frigoríficos conseguem pequena folga
[20/11/2020] - Semana foi de pressão dos frigoríficos
[20/11/2020] - Analista diz que tendência para o boi não mudou
[20/11/2020] - China continuará importando carne suína por anos
[20/11/2020] - Carne suína alemã pode ser banida por mais de ano
[19/11/2020] - SEM ALTERNATIVA, PRODUTOR DE LEITE ABATE VACAS
[19/11/2020] - Arroba: pecuarista não vende a preço menor
[19/11/2020] - CEPEA confirma queda de braço no boi
[19/11/2020] - Balança comercial do Agro bate novo recorde
[19/11/2020] - Produtores artesanais de carne têm novas regras
[18/11/2020] - Arroba: pecuaristas reagem e travam venda de bois
[18/11/2020] - China defende inspeções em embalagens de carne
[18/11/2020] - CEPEA: leite pode cair até 7% em novembro
[18/11/2020] - Leite: produtores do PR também prevêem queda forte
[18/11/2020] - Produtor de leite sofre com alta nos custos
[18/11/2020] - IGP-M sobe forte, sem sinal de alívio
[18/11/2020] - Dólar cai a R$ 5,30 com otimismo global
[18/11/2020] - Crédito rural dispara 20% no Banco do Brasil
[18/11/2020] - Gripe aviária se espalha por países europeus
[17/11/2020] - Exportações devem bater novamente o recorde
[17/11/2020] - Exportadores protestam contra acusações da China
[17/11/2020] - Argentinos crêem que acusação é para baixar preços
[17/11/2020] - CEO da Marfrig nega contaminação na carne
[17/11/2020] - Arroba: quem aceitou a manobra dos frigoríficos?
[17/11/2020] - Pecuaristas não aceitam queda de preço no boi
[17/11/2020] - Disparada dos grãos anula alta do boi
[17/11/2020] - Até quando vai faltar milho?
[16/11/2020] - Arroba: estratégia dos frigoríficos funcionou?
[16/11/2020] - Carne sobe no atacado, mas negócios travam
[16/11/2020] - Acusação da China não trará problemas ao Marfrig
[16/11/2020] - Frigol reforça time para encarar os grandes
[16/11/2020] - Leite: pecuaristas gaúchos pedem socorro
[16/11/2020] - Leite: produtores contam prejuízos

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br