Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
291,00 269,00 290,00
GO MT RJ
286,00 277,00 269,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2290,00
Garrote 18m 2730,00
Boi Magro 30m 3510,00
Bezerra 12m 2060,00
Novilha 18m 2530,00
Vaca Boiadeira 2740,00

Atualizado em: 22/1/2021 09:52

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Qual a tendência para o preço do milho?

 
 
 
Publicado em 13/07/2020

Os preços futuros do milho seguem caindo na Bolsa Brasileira (B3) nesta segunda-feira (13). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 1,18% e 1,69% por volta das 11h49 (horário de Brasília).

O vencimento julho/20 era cotado à R$ 50,30 com baixa de 1,18%, o setembro/20 valia R$ 47,00 com desvalorização de 1,69%, o novembro/20 era negociado por R$ 48,40 com perda de 1,61% e o janeiro/21 tinha valor de R$ 50,20 com queda de 1,57%.

De acordo com a análise da Agrifatto Consultoria, os contratos na B3 sentem a pressão das quedas registradas na Bolsa de Chicago desde o final da última semana.

Mercado Externo

Os preços internacionais do milho futuro também caiam nesta segunda-feira na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 7,00 e 8,25 pontos por volta das 11h38 (horário de Brasília).

O vencimento julho/20 era cotado à US$ 3,33 com perda de 7,00 pontos, o setembro/20 valia US$ 3,29 com baixa de 8,00 pontos, o dezembro/20 valia US$ 3,36 com desvalorização de 8,25 pontos e o março/21 tinha valor de US$ 3,46 com queda de 8,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os contratos futuros de milho em setembro caíram com um fim de semana de clima úmido no cinturão do milho, que aumentou as condições de crescimento em meio a temperaturas quentes.

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga hoje o seu relatório semanal sobre o progresso das culturas. As condições de milho relatadas na semana passada em 71% de boas a excelentes foram uma pequena surpresa para os preços, já que muitas classificações esperavam um impacto após o tempo quente e seco. “Outra semana de temperaturas altas ameaçou interromper o progresso da polinização, mas as chuvas dispersas deram um vislumbre de esperança para as condições de cultivo”, aponta a analista Jacqueline Holland.

“Dois centímetros de chuva na noite de quinta-feira era exatamente o que era necessário para chegar até julho”, disse um agricultor do norte de Iowa ao Feedback da Farm Futures da pesquisa em andamento do leitor. Mas nem todos se saíram também.

“Tivemos apenas 4,6 polegadas de chuva total em 2020”, lamentou um produtor do oeste do Kansas.

“As fortes chuvas nas principais áreas de cultivo de milho no Centro-Oeste no fim de semana podem fornecer um potencial de preço negativo para os futuros de safra antiga e nova”, comenta Holland.  Com informações do Notícias Agrícolas.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[21/01/2021] - JBS vai mesmo processar os irmãos Batista
[21/01/2021] - Arroba: boi já volta ao patamar de R$ 300
[21/01/2021] - CEPEA: arroba tem a maior alta da história
[21/01/2021] - China: peste suína volta a aparecer
[21/01/2021] - Leite: cooperativas sofrerão com alta do ICMS
[21/01/2021] - Bolsonaro é contra venda de terra a estrangeiro
[20/01/2021] - Arroba: frigoríficos começam a dar férias

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[20/01/2021] - A disparada do boi em Mato Grosso do Sul
[20/01/2021] - China reabilita unidades da JBS
[20/01/2021] - Entidade descarta greve dos caminhoneiros
[20/01/2021] - Milho: alta de preço não tem fim
[19/01/2021] - Arroba começou a semana estável em SP
[19/01/2021] - Boi está em alta em Goiás
[19/01/2021] - Exportações perderam força na última semana
[19/01/2021] - Leite: preços devem ficar firmes, segundo o CEPEA
[19/01/2021] - ANTT publica tabela com fretes mais caros
[19/01/2021] - Atacado continua puxando índice de inflação
[19/01/2021] - Quadrilha simulava compra de gado em Goiás
[18/01/2021] - Governo de SP decide taxar leite pasteurizado
[18/01/2021] - Leite: aumento do ICMS pode fechar fazendas
[18/01/2021] - Arroba: movimento de alta continua
[18/01/2021] - Carne sobe no atacado
[18/01/2021] - Milho: preços em disparada preocupam
[18/01/2021] - China ainda tenta recuperar produção de carne
[18/01/2021] - JBS vai antecipar pagamento de dívida
[18/01/2021] - Polícia recupera gado roubado em MG
[15/01/2021] - Arroba: frigoríficos seguem oferecendo mais
[15/01/2021] - Greve dos caminhoneiros: se ocorrer será pontual
[15/01/2021] - IGP-10 recua com queda de preços ao consumidor
[15/01/2021] - Doria cumpre parcialmente acordo com produtores
[15/01/2021] - Marfrig emite dívida ao menor juro de sua história
[14/01/2021] - Arroba: frigoríficos voltaram a pagar R$ 290
[14/01/2021] - CEPEA: boi já recuperou queda de dezembro
[14/01/2021] - China importou quase 10 milhões de t de carne
[14/01/2021] - Leite subiu mas não melhorou situação do produtor
[14/01/2021] - Caminhoneiros ameaçam Bolsonaro
[14/01/2021] - Doria ainda não mandou publicar redução do ICMS
[14/01/2021] - Secretário promete que redução de ICMS vai sair
[14/01/2021] - Pagamento por serviços ambientais vira lei
[13/01/2021] - BNDES desiste de vender ações da JBS
[13/01/2021] - Safras: alta do boi é muito agressiva
[13/01/2021] - Arroba: frigoríficos pagam até R$ 11 a mais
[13/01/2021] - Analista prevê boi firme até março
[13/01/2021] - Milho: EUA esperam safra menor no Brasil
[12/01/2021] - Exportações de carne começaram o ano em forte alta
[12/01/2021] - Agro: exportações dispararam em janeiro
[12/01/2021] - Exportações do Agro passaram de US$ 100 bi
[12/01/2021] - Arroba: frigoríficos estão precisando de boi
[12/01/2021] - Arroba: boi dispara também em Goiás
[12/01/2021] - Pecuaristas de MT estão otimistas
[12/01/2021] - Carne continua em falta na China
[12/01/2021] - Empresa da JBS paga multa para encerrar processo
[12/01/2021] - Bolsonaro cobra apoio da bancada do Agro
[12/01/2021] - Minério de ferro pressiona e IGP-M segue em alta
[11/01/2021] - Analista prevê ano favorável para a pecuária
[11/01/2021] - Arroba: preço do boi tem forte alta
[11/01/2021] - Milho: preços em disparada

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br