Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
217,00 203,00 210,00
GO MT RJ
206,00 192,00 200,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1955,00
Garrote 18m 2260,00
Boi Magro 30m 2700,00
Bezerra 12m 1402,00
Novilha 18m 1620,00
Vaca Boiadeira 1960,00

Atualizado em: 2/7/2020 11:44

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Frigoríficos aumentam as contratações em MS

 
 
 
Publicado em 20/05/2020

Em meio as quase 18 mil solicitações de seguro desemprego dos últimos dois meses, a maioria resultado de demissões em setores como comércio e serviços, a agroindústria tem dado uma demonstração que segue na direção contrária, a de manutenção das vagas de trabalho e contratação de mais colaboradores. O setor é responsável por pelo menos 104 mil empregos em Mato Grosso do Sul, de 2,71 milhões de habitantes.

Um exemplo do vigor do setor industrial ocorre neste início do mês. A JBS, que mantém 10 frigoríficos e unidades de processamento de proteína animal no Estado, reativará até a próxima segunda-feira (25) duas de suas plantas, em Coxim e em Ponta Porã, que estavam com o abate suspenso desde o ano passado. Elas se somarão ao frigorífico da multinacional localizado em Nova Andradina, que depois de pouco mais de um mês de suspensão, também retomou os abates no fim de abril. Juntos, estes tres frigoríficos reativados em menos de 1 mês, geram pouco mais de 1 mil empregos diretos.

“Existem setores que estão sendo mais impactados, e que terão uma retomada um pouco mais lenta. No nosso caso, por conta da nossa área de atuação (processamento de proteína animal), teremos uma recuperação mais rápida que nos demais setores”, disse o presidente da Friboi, subsidiária da JBS da área de bovinos, Renato Costa.

Embora o governo federal não tenha divulgado neste ano os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), outros números tem mostrado o vigor das agroindústrias. Somente a JBS, que emprega 15 mil pessoas no Estado, deve aumentar seu contingente de trabalhadores neste semestre. O Correio do Estado também apurou com a Associação dos Produtores de Carne de Mato Grosso do Sul (Assocarnes), que todos os frigoríficos mantiveram seus postos de trabalho, e outros também estão realizando contratações pontuais.

Entre os meses de janeiro a abril, as exportações do “complexo frigorífico” em Mato Grosso do Sul resultaram em vendas de US$ 324,2 milhões (R$ 1,8 bilhão), número 11% maior que o mesmo período de 2019. Quase a metade das exportações (42%) resultam de carnes desossadas, descongeladas, de bovinos (US$ 135,4 milhões). Hong Kong, China e Chile foram os maiores compradores.

Conforme Renato Costa, existe uma expectativa no mercado externo por crescimento na demanda por alimentos, e o Brasil pode ser beneficiado com isso. “O Brasil é muito forte tanto em proteína animal, como em proteína vegetal. Não é a toa que falam é o celeiro do mundo: é mesmo”,comenta. “Essa retomada - apesar de ainda tímida - já ocorre: a China já retomou, na Europa já acompanhamos que nesta semana está começando a retomar, os Estados Unidos também, Oriente Médio... Eles precisam de alimentos”, demonstra o presidente da Friboi. Com informações do Correio do Estado.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[02/07/2020] - Exportações de carne bateram recorde em junho
[02/07/2020] - Dependência da China preocupa produtores do Sul
[02/07/2020] - Tereza conversa com chineses sobre embargo
[02/07/2020] - Quais foram os frigoríficos liberados pelo México?
[02/07/2020] - Arroba: disputa pelo boi está cada vez maior
[02/07/2020] - Margem dos frigoríficos está menor
[02/07/2020] - A grande vitória do Brasil na pandemia

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[02/07/2020] - Dólar trava queda no preço do milho
[02/07/2020] - Acordo com a UE deve sair, apesar de Macron
[02/07/2020] - Ataques destroem propriedades rurais na Argentina
[01/07/2020] - China pode suspender mais frigoríficos brasileiros
[01/07/2020] - Ação da China vai derrubar o preço do boi?
[01/07/2020] - Boi sobe com liberação de frigoríficos pelo México
[01/07/2020] - Arroba: sem chance de queda?
[01/07/2020] - Pecuaristas goianos estão segurando a venda de boi
[01/07/2020] - Varejo repassa alta do boi para carne
[01/07/2020] - Leite: preço dispara com oferta menor
[01/07/2020] - Para onde vai o preço do milho?
[01/07/2020] - EUA: exportações de carne a Hong Kong devem cair
[01/07/2020] - MAPA terá sistema de registro de máquina agrícola
[30/06/2020] - China suspende mais três frigoríficos brasileiros
[30/06/2020] - Por que a China está embargando frigoríficos?
[30/06/2020] - China também pode liberar novas unidades
[30/06/2020] - China também suspendeu frigoríficos holandeses
[30/06/2020] - Arroba: frigoríficos disputam boi em São Paulo
[30/06/2020] - Frigoríficos aceleraram abates em Mato Grosso
[30/06/2020] - Reposição subiu mais de 10% no Paraná
[29/06/2020] - Unidade da JBS é proibida de exportar à China
[29/06/2020] - Exportadores dos EUA desistem de vender à China
[29/06/2020] - Arroba dispara com disputa entre os frigoríficos
[29/06/2020] - Reabertura do comércio em SP pode puxar mais o boi
[29/06/2020] - Alta da arroba já chegou ao preço da carne?
[29/06/2020] - Marfrig e Minerva disputam mercado no Paraguai
[29/06/2020] - Marfrig contrata empréstimo de US$ 500 milhões
[29/06/2020] - Argentina tenta controlar nuvem de gafanhotos
[26/06/2020] - Consultoria prevê disparada da arroba do boi
[26/06/2020] - Arroba do boi já deixa pra trás os R$ 215
[26/06/2020] - Justiça interdita unidade da JBS novamente
[26/06/2020] - Sem acordo, outra unidade da JBS ficará fechada
[26/06/2020] - Alta na reposição dão tem data para acabar
[26/06/2020] - Brasil decreta emergência por nuvem de gafanhotos
[26/06/2020] - Foco de raiva é motivo de alerta aos pecuaristas
[25/06/2020] - Pecuária brasileira depende perigosamente da China
[25/06/2020] - Boi pronto está em falta no mercado
[25/06/2020] - Compras da China puxam alta forte do boi
[25/06/2020] - Prepare seu coração pras coisas que vou contar
[25/06/2020] - Nuvem de gafanhotos chegará ao Brasil?
[24/06/2020] - Frigoríficos declaram: carne está livre de vírus
[24/06/2020] - Frigoríficos dizem temer novo embargo da China
[24/06/2020] - Ministério confirma novas exigências chinesas
[24/06/2020] - Importações da China tiveram alta de quase 50%
[24/06/2020] - Marfrig evita parada de unidade por Covid-19
[24/06/2020] - Arroba: demanda chinesa segue puxando o boi
[24/06/2020] - Polícia lança operação contra roubo de gado
[24/06/2020] - É hora de comprar adubo?
[24/06/2020] - Vandalismo rural preocupa produtores argentinos
[23/06/2020] - China bloqueia importação de frigorífico do Brasil

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br