Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
217,00 203,00 210,00
GO MT RJ
206,00 192,00 200,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2010,00
Garrote 18m 2310,00
Boi Magro 30m 2780,00
Bezerra 12m 1402,00
Novilha 18m 1680,00
Vaca Boiadeira 2090,00

Atualizado em: 3/7/2020 11:56

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Prefeitura interdita unidade da JBS

 
 
 
Publicado em 08/05/2020

A prefeitura de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, anunciou nesta quinta-feira a interdição do abatedouro de aves da Seara, que pertence à JBS. A decisão é válida por 15 dias.

Com a medida, o frigorífico poderá completar 30 dias paralisado. A unidade já estava interditada há quase duas semanas, mas por decisão dos auditores do trabalho.

No início da semana a JBS havia obtido na Justiça do Trabalho uma autorização para reabrir a planta a partir desta quinta-feira. Mas a decisão da prefeitura inviabiliza, ao menos por ora, esse plano.

Em nota, a prefeitura de Passo Fundo informou que a interdição está fundamentada “no entendimento da vigilância em saúde do município de que foram desrespeitadas regras sanitárias e epidemiológicas, o que pode colocar em risco a saúde de toda a população”.

De acordo com a prefeitura, a JBS deveria “deveria providenciar monitoramento de todos os trabalhadores afastados, o que não teria ocorrido”.

No comunicado, a prefeitura não deixou claro o tipo de monitoramento requerido, mas é possível que ela se refira aos testes para o diagnóstico da covid-19. Na decisão judicial na qual obteve a autorização para reabrir o abatedouro, a empresa ficou isenta de testar os funcionários. O Ministério Público do Trabalho (MPT) havia pedido que o retorno ao trabalho só fosse permitido após testes, mas o juiz do trabalho não acolheu o pleito.

O abatedouro da empresa em Passo Fundo, município de cerca de 200 mil habitantes, é apontado pelas autoridades como um foco de disseminação da covid19. A JBS emprega 2,4 mil trabalhadores na unidade.

No Rio Grande do Sul, Passo Fundo só perde para a capital Porto Alegre em número de casos do novo coronavírus. Conforme o último levantamento do governo gaúcho, são 231 casos confirmados e 17 óbitos.

A incidência de casos na cidade é alta — de 117,4 por 100 mi habitantes. Em Porto Alegre, a incidência é de 32,4 casos por 100 mil habitantes.

Procurada pelo Valor, a JBS criticou os argumentos da vigilância em saúde de Passo Fundo. “A empresa tem adotado todas as medidas de prevenção necessárias para proteção e segurança dos seus colaboradores e tomará todas as medidas cabíveis para reverter a interdição municipal. Em decisão proferida pela Justiça ficou demonstrado que os mais de 2.500 colaboradores da unidade da JBS em Passo Fundo trabalham sob rígidas medidas de segurança”, respondeu a empresa, em nota:

Veja a reposta da da JBS na íntegra “A JBS refuta os argumentos presentes no auto de infração expedido pela Vigilância Sanitária do município de Passo Fundo (RS) nesta quinta-feira (7) e que contraria a decisão judicial da 2ª Vara do Trabalho de Passo Fundo, de 4 de maio, que autorizou a retomada das operações da unidade.

A empresa tem adotado todas as medidas de prevenção necessárias para proteção e segurança dos seus colaboradores e tomará todas as medidas cabíveis para reverter a interdição municipal.

Em decisão proferida pela Justiça ficou demonstrado que os mais de 2.500 colaboradores da unidade da JBS em Passo Fundo trabalham sob rígidas medidas de segurança.

Entre as ações adotadas pela Companhia, estão:

afastamento de pessoas que fazem parte do grupo de risco como maiores de 60 anos, gestantes e todos os que tiveram recomendação médica;
ampliação da frota de transporte;
desinfecção diária das unidades;
medição de temperatura de todos antes do acesso às fábricas;
vacinação contra gripe H1N1 para 100% dos colaboradores;
ações de distanciamento social;
forte comunicação de prevenção e cuidados, entre outras.

Essas e outras medidas de proteção constam de laudo da perícia técnica assinado pela especialista em medicina do trabalho Sabine Braga Chedid, que vistoriou todo complexo fabril da companhia em 23 de abril a pedido da Justiça do Trabalho, um dia antes da interdição da unidade.

Todas as medidas adotadas pela JBS estão a de acordo com os mais altos padrões dos órgãos de saúde e em conformidade com a recomendação da Consultoria do Hospital Albert Einstein e médicos especializados contratados pela empresa para apoiar na definição dos protocolos de saúde e que estão em vigor em todas as unidades da empresa”. Com informações do Valor.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[03/07/2020] - Um alerta urgente para toda a Pecuária Brasileira
[03/07/2020] - Qual será o real impacto do embargo chinês aqui?
[03/07/2020] - Arroba: frigoríficos precisam comprar boi
[03/07/2020] - Arroba do boi já chegou a R$ 214 em MG
[03/07/2020] - Preço do boi disparou também no Rio Grande do Sul
[03/07/2020] - Expointer 2020 é oficialmente cancelada
[02/07/2020] - Exportações de carne bateram recorde em junho

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[02/07/2020] - Dependência da China preocupa produtores do Sul
[02/07/2020] - Tereza conversa com chineses sobre embargo
[02/07/2020] - Quais foram os frigoríficos liberados pelo México?
[02/07/2020] - Arroba: disputa pelo boi está cada vez maior
[02/07/2020] - Margem dos frigoríficos está menor
[02/07/2020] - A grande vitória do Brasil na pandemia
[02/07/2020] - Dólar trava queda no preço do milho
[02/07/2020] - Acordo com a UE deve sair, apesar de Macron
[02/07/2020] - Ataques destroem propriedades rurais na Argentina
[01/07/2020] - China pode suspender mais frigoríficos brasileiros
[01/07/2020] - Ação da China vai derrubar o preço do boi?
[01/07/2020] - Boi sobe com liberação de frigoríficos pelo México
[01/07/2020] - Arroba: sem chance de queda?
[01/07/2020] - Pecuaristas goianos estão segurando a venda de boi
[01/07/2020] - Varejo repassa alta do boi para carne
[01/07/2020] - Leite: preço dispara com oferta menor
[01/07/2020] - Para onde vai o preço do milho?
[01/07/2020] - EUA: exportações de carne a Hong Kong devem cair
[01/07/2020] - MAPA terá sistema de registro de máquina agrícola
[30/06/2020] - China suspende mais três frigoríficos brasileiros
[30/06/2020] - Por que a China está embargando frigoríficos?
[30/06/2020] - China também pode liberar novas unidades
[30/06/2020] - China também suspendeu frigoríficos holandeses
[30/06/2020] - Arroba: frigoríficos disputam boi em São Paulo
[30/06/2020] - Frigoríficos aceleraram abates em Mato Grosso
[30/06/2020] - Reposição subiu mais de 10% no Paraná
[29/06/2020] - Unidade da JBS é proibida de exportar à China
[29/06/2020] - Exportadores dos EUA desistem de vender à China
[29/06/2020] - Arroba dispara com disputa entre os frigoríficos
[29/06/2020] - Reabertura do comércio em SP pode puxar mais o boi
[29/06/2020] - Alta da arroba já chegou ao preço da carne?
[29/06/2020] - Marfrig e Minerva disputam mercado no Paraguai
[29/06/2020] - Marfrig contrata empréstimo de US$ 500 milhões
[29/06/2020] - Argentina tenta controlar nuvem de gafanhotos
[26/06/2020] - Consultoria prevê disparada da arroba do boi
[26/06/2020] - Arroba do boi já deixa pra trás os R$ 215
[26/06/2020] - Justiça interdita unidade da JBS novamente
[26/06/2020] - Sem acordo, outra unidade da JBS ficará fechada
[26/06/2020] - Alta na reposição dão tem data para acabar
[26/06/2020] - Brasil decreta emergência por nuvem de gafanhotos
[26/06/2020] - Foco de raiva é motivo de alerta aos pecuaristas
[25/06/2020] - Pecuária brasileira depende perigosamente da China
[25/06/2020] - Boi pronto está em falta no mercado
[25/06/2020] - Compras da China puxam alta forte do boi
[25/06/2020] - Prepare seu coração pras coisas que vou contar
[25/06/2020] - Nuvem de gafanhotos chegará ao Brasil?
[24/06/2020] - Frigoríficos declaram: carne está livre de vírus
[24/06/2020] - Frigoríficos dizem temer novo embargo da China
[24/06/2020] - Ministério confirma novas exigências chinesas
[24/06/2020] - Importações da China tiveram alta de quase 50%

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br