Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
191,00 176,00 187,00
GO MT RJ
179,00 171,00 179,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1790,00
Garrote 18m 2100,00
Boi Magro 30m 2610,00
Bezerra 12m 1380,00
Novilha 18m 1620,00
Vaca Boiadeira 1890,00

Atualizado em: 29/5/2020 10:38

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

A demanda da China vai puxar o preço do boi?

 
 
 
Publicado em 31/03/2020

A China e os frigoríficos têm dado sinais de novos negócios de carne bovina, porém à pergunta sobre se o fluxo é sólido e pode perdurar, ou se é uma necessidade momentânea, até que os estoques estratégicos voltem próximo à normalidade, é a reposta que “quem souber vale milhões”.

À analogia do consultor Rodrigo Albuquerque, do Notícias do Front, se estende a dúvida que o mercado está vivendo.

É preciso lembrar que a epidemia da covid-19 na China amainou e algumas regiões começaram a ser liberadas, mas a aceleração da economia depende muito das exportações. E o mundo não tem dado sinais positivos, inclusive como admitiu Pequim em informe despachado pelas agências de notícias.

Chegar perto das quase 100 mil toneladas mensais que os chineses compravam do Brasil no último trimestre de 2019 já se sabe que não se repetirá, avalia Gustavo Resende Machado, da Agrifatto. Mas qual poderá ser o teto? Em que prazo?

“Isso é algo que vai precisar se confirmar. Por enquanto, as indicações são de China voltando”, diz.

Acompanhe as cotações da arroba do boi gordo e da reposição em: www.pecuaria.com.br/cotacoes.php

Mas para Albuquerque, os cenários que estão colocados podem ser aproveitados pelo mercado: “Minha função como analista não é acertar preço. É ganhar dinheiro, independente dele”.

Curto prazo nas praças

Os preços estão mais firmes com a reentrada chinesa, apesar da fragilidade do mercado interno. Os frigoríficos estão cauteloso, tanto quanto os produtores, mais ainda, de acordo com o analista da Agrifatto, que a oferta ainda não está alargada e quem tem gado pronto tem capacidade de reter pelas pastagens boas.

Não seria momento de explosão, menos de viés de queda. R$ 200,00 ou R$ 200,00 e pouco em São Paulo é a média de balcão.

As escalas estão curtas.

No Mato Grosso houve uma melhora de R$ 8,00 a @ na região de Alta Floresta, segundo Walmir Coco, presidente do Sindicato Rural. Boi a R$ 173,00 e vaca R$ 163,00, no JBS de Colider. As escalas nessa região Norte do estado vão para dia 13, uma das mais folgadas do País.

O volume disponível de gado ainda é restrito.

E na região quase de pantaneira de Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, também houve uma melhora, com o boi a R$ 185,00, vaca a R$ 170,00 e novilha a R$ 175,00. Para Frederico Stella, produtor e diretor da Federação da Agricultura do Estado, ainda os negócios estão meio travados e a programação de abate nos grandes frigoríficos está para a semana que vem.

No Pará, em R$160,00/R$ 165,00 na semana retrasada, no Pará, não teve comprador. Semana passada tiveram que pagar de R$ 185,00 a R$ 190,00 e nesta segunda (30) o mercado “começou animado”, viu Maurício Fraga Filho, presidente da Acripará.

“Quando a situação está boa é quando os frigoríficos ligam atrás de boi”, complementa Fraga, com uma máxima tradicional do setor. Com informações do Money Times.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[29/05/2020] - China compra metade das exportações do Brasil
[29/05/2020] - China pode reduzir compras do Agro dos EUA
[29/05/2020] - Sem acordo, unidade da JBS continuará fechada
[29/05/2020] - Frigoríficos querem protocolo único para Covid-19
[29/05/2020] - Arroba: fim da quarentena pode puxar preço do boi
[29/05/2020] - Reposição: procura aumenta e preços sobem
[29/05/2020] - Confinamento: entidade prevê queda de 10%

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[29/05/2020] - JBS: irmãos Batista tentam evitar volta à prisão
[29/05/2020] - Preço do leite caiu 5% em maio. Como ficará junho?
[29/05/2020] - PIB recua 1,5% no primeiro trimestre de 2020
[29/05/2020] - IBGE: agronegócio foi o único setor a crescer
[29/05/2020] - Dólar volta a subir com tensões EUA-China
[28/05/2020] - Unidades fechadas: pecuarista deve se preocupar?
[28/05/2020] - Arroba: frigoríficos aumentam ofertas pelo boi
[28/05/2020] - Exportações recordes sustentam o preço do boi
[28/05/2020] - Como está o mercado do leite?
[28/05/2020] - Desemprego sobe e volta ao nível de abril de 2019
[28/05/2020] - Maia adia projeto da regularização fundiária
[28/05/2020] - FPA agiliza emissão de certidão negativa de débito
[27/05/2020] - Justiça interdita unidade de bovinos da JBS
[27/05/2020] - Justiça permite que Joesley volte à JBS
[27/05/2020] - Brasil bem posicionado para exportar mais carne
[27/05/2020] - Carne já falta nos supermercados dos EUA
[27/05/2020] - Arroba: procura maior pelo boi para exportação
[27/05/2020] - Quais unidades foram habilitadas pela Tailândia?
[27/05/2020] - Pecuária evita, e não aumenta, o desmatamento
[27/05/2020] - Senado aprova prorrogação de dívidas rurais
[27/05/2020] - Doria anuncia reabertura gradual da economia em SP
[27/05/2020] - Brasil perde mais de 860 mil empregos em abril
[26/05/2020] - Exportações podem fechar maio com alta de 22,6%
[26/05/2020] - Tailândia abre mercado e pode começar a comprar
[26/05/2020] - PIB do Agro crescerá 1,3% no pior caso, diz Ipea
[26/05/2020] - É hora de repor o gado?
[26/05/2020] - Frigoríficos pagam até R$ 10 a mais pelo boi China
[26/05/2020] - Arroba: mercado vive calmaria
[26/05/2020] - Justiça manda Marfrig mudar processos em unidade
[26/05/2020] - Leite: pandemia preocupa muito os produtores
[26/05/2020] - Milho: preço firme
[26/05/2020] - Dólar amplia queda em relação ao real
[25/05/2020] - Agronegócio será o único setor a crescer em 2020
[25/05/2020] - China: importações de carne bovina cresceram 28%
[25/05/2020] - Produção de carne caiu com força nos EUA
[25/05/2020] - Preço da carne continuará alto
[25/05/2020] - Atacado da carne segue firme
[25/05/2020] - Arroba: mercado prevê oferta curta na entressafra
[25/05/2020] - Marfrig: 25 funcionários afastados em Mato Grosso
[25/05/2020] - Carne contaminada transmite o coronavírus?
[25/05/2020] - Segurança em frigoríficos ficará melhor
[25/05/2020] - ACNB diz que Expoinel 2020 está mantida
[25/05/2020] - Relação de troca do boi com milho segue ruim
[25/05/2020] - Dólar tem nova queda forte
[22/05/2020] - Carne brasileira começa a chegar aos EUA
[22/05/2020] - EUA: estoques de carne caíram
[22/05/2020] - China vai aumentar a importação de carne
[22/05/2020] - PIB da Pecuária bateu R$ 600 bi em 2019
[22/05/2020] - Arroba: como ficará o boi com o fim da safra?
[22/05/2020] - Preço da carne tem leve queda no varejo

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br