Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
223,00 213,00 222,00
GO MT RJ
215,00 205,00 212,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2010,00
Garrote 18m 2310,00
Boi Magro 30m 2880,00
Bezerra 12m 1590,00
Novilha 18m 1920,00
Vaca Boiadeira 2240,00

Atualizado em: 12/8/2020 10:40

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Alta das carnes puxou a alta da inflação no Brasil

 
 
 
Publicado em 06/12/2019

A alta de 8,09% no preço das carnes foi o item que mais influenciou a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em novembro deste ano. Segundo dados divulgados hoje (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA ficou em 0,51% em novembro, maior taxa para o mês desde 2015 (1,01%).

Os alimentos e bebidas tiveram uma alta de preços de 0,72%. Além das carnes, também contribuíram para a inflação os cereais, leguminosas e oleaginosas (1,65%), óleos e gorduras (1,33%), os produtos panificados (0,71%) e as carnes industrializadas (0,69%). Com isso, se alimentar em casa ficou 1,01% mais caro em novembro.

"A alimentação no domicilio vinha caindo há seis meses. A alta de agora foi puxada pelas carnes. Para ter uma ideia do peso do aumento das carnes, o grupo alimentação e bebidas sem as carnes teriam um resultado de deflação de 0,18%", disse o pesquisador do IBGE Pedro Kislanov.

A alimentação fora de casa teve alta de preços de 0,21% no período. Por outro lado, tiveram queda de preços alimentos como tubérculos, raízes e legumes (-12,15%), hortaliças (-2,20%) e leites e derivados (-0,93%).

Alguns itens não alimentícios também tiveram impacto importante sobre a inflação neste mês, como as loterias (24,35%), a energia elétrica (2,15%), o plano de saúde (0,59%) e o etanol (2,46%).

Grupos de despesas

Entre os grupos de despesas, os principais impactos vieram da alimentação (0,72%), despesas pessoais (1,24%) e habitação (0,71%). Também tiveram inflação os grupos transportes (0,30%), vestuário (0,35%), saúde e cuidados pessoais (0,21%) e educação (0,08%).

Por outro lado, tiveram deflação (queda de preços) os grupos de despesas artigos de residência (-0,36%) e comunicação (-0,02%). Com informações da Agência Brasil.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[12/08/2020] - MAPA declara 6 Estados como zona livre sem vacina
[12/08/2020] - Arroba: frigoríficos pressionaram. Não deu certo.
[12/08/2020] - Frigoríficos de SP estão buscando boi no MS
[12/08/2020] - CNA: carne bovina deve crescer 12% em 2020
[12/08/2020] - Preço da terra sobe com sucesso do Agro
[11/08/2020] - MPF entra com ação bilionária contra a JBS
[11/08/2020] - Exportações podem bater novamente o recorde

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[11/08/2020] - Guedes: Agro salvou as exportações brasileiras
[11/08/2020] - Arroba: vendas de carne melhoraram
[11/08/2020] - Confinamento em MT terá queda de 22%
[11/08/2020] - MAPA quer abrir mercados para exportação de leite
[11/08/2020] - Economia de SP deve se recuperar antes do previsto
[10/08/2020] - Mourão: barreiras comerciais são injustificáveis
[10/08/2020] - Arroba: escalas avançam. Boi vai parar de subir?
[10/08/2020] - Mato Grosso bate recorde histórico na carne
[10/08/2020] - Milho: alta não dá trégua
[10/08/2020] - IGP-M volta a subir na primeira prévia de agosto
[07/08/2020] - Exportações chegam perto das 200 mil toneladas/mês
[07/08/2020] - Frigoríficos: dependência da China não preocupa
[07/08/2020] - Boi sobe e pecuaristas aumentam as vendas
[07/08/2020] - Arroba: consumo de carne melhora e puxa o boi
[07/08/2020] - Reposição: alta não dá trégua
[07/08/2020] - PIB do Agro cresceu quase 5% em 2020
[06/08/2020] - Arroba: frigoríficos pagam mais até pela vaca
[06/08/2020] - Um estado onde a reposição subiu mais de 60%
[06/08/2020] - Leite: produtor vai receber mais em agosto?
[06/08/2020] - Lácteos sobem no atacado
[06/08/2020] - Minerva anuncia a compra de frigorífico
[06/08/2020] - Preço do milho vai cair?
[06/08/2020] - Pedidos de seguro-desemprego menores que em 2019
[06/08/2020] - BC corta juros e taxa está no menor nível
[05/08/2020] - Arroba: frigoríficos oferecem mais pelo boi comum
[05/08/2020] - Disparada na reposição vai ter fim?
[05/08/2020] - Confinamento vai valer a pena este ano?
[05/08/2020] - Milho: preço sobe sem trégua há 10 dias
[05/08/2020] - MAPA digitaliza registros para alimentação animal
[05/08/2020] - PIB do Agro no Paraná supera 2019 e bate recorde
[04/08/2020] - Julho confirma recorde histórico das exportações
[04/08/2020] - Arroba: não tem boi no mercado
[04/08/2020] - Oferta curta segue puxando a arroba em MT
[04/08/2020] - Para onde vai a arroba do boi?
[04/08/2020] - Indústria brasileira cresce pelo segundo mês
[04/08/2020] - Cade aprova mais uma aquisição da JBS
[03/08/2020] - Arroba: boi comum já consegue preço de boi China?
[03/08/2020] - Carne sobe com otimismo do mercado
[03/08/2020] - Leite: preços tiveram forte alta em julho
[03/08/2020] - JBS usa Banco Original para fazer caixa
[03/08/2020] - Milho: mercado vive impasse
[03/08/2020] - Presidente do BC elogia medidas no crédito rural
[03/08/2020] - Polícia apreende 700 bovinos em operação
[03/08/2020] - Produtor deve tomar cuidado com o ITR deste ano
[31/07/2020] - Preço do boi pode bater recorde nos próximos dias
[31/07/2020] - Arroba: disparada do boi já começou
[31/07/2020] - Enchentes podem espalhar peste suína na China
[31/07/2020] - China: exportadores argentinos reagem a exigências
[31/07/2020] - A disparada nos preços da reposição
[31/07/2020] - Justiça condena fiscais do MAPA por Carne Fraca

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br