Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
277,00 264,00 274,00
GO MT RJ
269,00 262,00 274,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2400,00
Garrote 18m 2940,00
Boi Magro 30m 3660,00
Bezerra 12m 2100,00
Novilha 18m 2630,00
Vaca Boiadeira 2850,00

Atualizado em: 26/11/2020 10:42

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

EDITORIAL: Um craque que fará falta à ExpoZebu

 
 
 
Publicado em 25/04/2007

O mercado pecuário recebe, todos os anos, diversos novos investidores. Empresários bem sucedidos, novos integrantes de famílias já tradicionais em outros ramos do agronegócio e demais recém-chegados chegam e são festejados, como devem ser. A ampliação do mercado é sempre benéfica a todos, trazendo maior diversidade e investimentos. Porém todos os anos alguns criadores deixam o setor e, mesmo apresentando um trabalho de relevância, saem sem que sua competência seja reconhecida publicamente, não somente com os (importantes) lances de um leilão de liquidação, mas também através de uma reflexão sobre os resultados de seu trabalho, que se propagarão pelas próximas gerações. Um destes criadores liquidou sua genética premiada no último mês de março e não estará mais com seu time de pista na ExpoZebu: Antônio Villela Couto, da Fazenda Santa Nilza.

Couto, já um industrial de sucesso, começou sua seleção de Nelore Elite no ano de 2001 quando, em parceria com Luiz Humberto, da Nova Índia Genética, adquiriu em leilões suas primeiras matrizes: Iguana, Parse, Pistacha e Yamuna. Na época as instalações da Fazenda ainda estavam em reforma, com os primeiros animais permanecendo na central.

A partir daí surgiu uma carreira de sucesso marcada por diversos momentos importantes e por uma presença regular no topo do Ranking Nacional da ACNB (Associação dos Criadores de Nelore do Brasil). No campeonato expositor, Antônio Couto conquistou o vice-campeonato no certame 2002-2003, terceiro lugar em 2003-2004 e 2004-2005. Já no campeonato Melhor Criador, a Santa Nilza chegou ao quinto lugar já no ranking 2003-2004, conquistando o título nacional em 2004-2005 e a quarta colocação em 2005-2006. No ranking atual, mesmo após deixar as pistas, Couto figura no nono lugar parcial no campeonato melhor criador. Isto sem contar os diversos animais do plantel que estão e estiveram entre os primeiros do atual ranking e em edições anteriores, que nos alongaríamos muito a citar.

O plantel da Santa Nilza também contou com a contribuição genética de matrizes que fazem história no Nelore. JEN Açuncena, a própria Parse, já mencionada acima, Iryba, Bélgica, Iguana e diversas outras estão nos topos de ranking de suas respectivas categorias e suas genéticas ainda contribuirão muito para o futuro da raça. Há que se citar também alguns exemplos do sucesso dos animais da própria criação: entre os machos jovens no ranking do ano passado, três dos 25 primeiros colocados têm o sufixo da fazenda e entre as fêmeas adultas, duas são crias da Santa Nilza: Ciana TE da Santa Nilza, quinta colocada, e Duna TE da Santa Nilza, sexta.

Com todos estes resultados, entre diversos outros, conquistados ao longo de pouco menos de seis anos de seleção, a ausência do time de pista da Santa Nilza e de Couto, Cristina - sua esposa sempre atuante - e do onipresente Júnior, serão sentidas na próxima semana. Seus exemplos de competência, seriedade e dedicação ao Nelore permanecerão, servindo de exemplo para os recém-chegados.

Conhecemos Couto em 2001, chamados para discutir o possível desenvolvimento do site da Fazenda, que acabou se concretizando pouco tempo depois. A fazenda em obras, pastagens em formação, instalações ainda em construção, tudo conspirava contra a publicidade naquele momento, já que não havia muito a fotografar. Mas Couto decidiu pela divulgação assim mesmo: “É bom pois as pessoas verão que estou começando e acompanharão tudo comigo”, dizia. Indagado sobre a urgência em registrar o nome da fazenda na Internet, já que nomes de santos são comuns e bastante visados, Couto saiu-se com seu típico bom humor: “Fique tranqüilo, esta santa não existe. Nilza é o nome de minha mãe.”

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[26/11/2020] - Exportações podem crescer 5,5% em 2021
[26/11/2020] - Arroba: frigoríficos seguem tentando baixar o boi
[26/11/2020] - Boi está em falta. Tem como cair mais?
[26/11/2020] - Milho: preço caiu lá fora, mas não no Brasil
[26/11/2020] - Setor de máquinas tem o melhor desempenho do ano
[26/11/2020] - Sementes misteriosas contêm pragas, segundo o MAPA
[26/11/2020] - FPA: nova lei de falências é vitória para o Agro
[26/11/2020] - Brasil supera projeção e abre quase 400 mil vagas

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[25/11/2020] - Qual a perspectiva para o boi em 2021?
[25/11/2020] - Arroba: pecuarista continua recusando oferta menor
[25/11/2020] - Alta na arroba não alivia situação do pecuarista
[25/11/2020] - Frigoríficos exportadores sob pressão
[25/11/2020] - Milho: preços futuros em queda
[25/11/2020] - Leite: preço subiu menos que o custo no RS
[25/11/2020] - Frigoríficos gaúchos cobram taxa do século passado
[25/11/2020] - IPEA prevê crescimento menor do Agro
[25/11/2020] - China ameaça Brasil por tuíte de Eduardo Bolsonaro
[24/11/2020] - Frigoríficos usam domínio para derrubar o boi
[24/11/2020] - Arroba: pecuaristas não aceitam ofertas menores
[24/11/2020] - Exportações perdem força mas recorde é provável
[24/11/2020] - Frigoríficos não conseguem alongar as escalas
[24/11/2020] - Consultoria prevê que pressão sobre o boi continua
[24/11/2020] - Seca leva produtores do RS ao desespero
[24/11/2020] - Governo vai cobrar IPVA de trator?
[23/11/2020] - Arroba: analista crê em alta do boi em dezembro
[23/11/2020] - Arroba: frigoríficos fora das compras
[23/11/2020] - Carne recua no atacado
[23/11/2020] - Milho: como está o mercado no início da semana?
[23/11/2020] - Bolsonaro: conservação ambiental com prosperidade
[23/11/2020] - Como registrar gratuitamente seu trator?
[23/11/2020] - Vândalos destroem silos com soja na Argentina
[20/11/2020] - Leite: deputados pedem travas às importações
[20/11/2020] - Arroba: frigoríficos conseguem pequena folga
[20/11/2020] - Semana foi de pressão dos frigoríficos
[20/11/2020] - Analista diz que tendência para o boi não mudou
[20/11/2020] - China continuará importando carne suína por anos
[20/11/2020] - Carne suína alemã pode ser banida por mais de ano
[19/11/2020] - SEM ALTERNATIVA, PRODUTOR DE LEITE ABATE VACAS
[19/11/2020] - Arroba: pecuarista não vende a preço menor
[19/11/2020] - CEPEA confirma queda de braço no boi
[19/11/2020] - Balança comercial do Agro bate novo recorde
[19/11/2020] - Produtores artesanais de carne têm novas regras
[18/11/2020] - Arroba: pecuaristas reagem e travam venda de bois
[18/11/2020] - China defende inspeções em embalagens de carne
[18/11/2020] - CEPEA: leite pode cair até 7% em novembro
[18/11/2020] - Leite: produtores do PR também prevêem queda forte
[18/11/2020] - Produtor de leite sofre com alta nos custos
[18/11/2020] - IGP-M sobe forte, sem sinal de alívio
[18/11/2020] - Dólar cai a R$ 5,30 com otimismo global
[18/11/2020] - Crédito rural dispara 20% no Banco do Brasil
[18/11/2020] - Gripe aviária se espalha por países europeus
[17/11/2020] - Exportações devem bater novamente o recorde
[17/11/2020] - Exportadores protestam contra acusações da China
[17/11/2020] - Argentinos crêem que acusação é para baixar preços
[17/11/2020] - CEO da Marfrig nega contaminação na carne
[17/11/2020] - Arroba: quem aceitou a manobra dos frigoríficos?
[17/11/2020] - Pecuaristas não aceitam queda de preço no boi
[17/11/2020] - Disparada dos grãos anula alta do boi

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br