Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
 
 
 
 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

ITR: Cuidados no preenchimento da declaração
 
 
Publicado em 19/08/2009

O prazo para a entrega da declaração do ITR (Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural), referente ao exercício de 2009, termina no dia 30 de setembro. Todos os proprietários ou possuidores de imóveis rurais (pessoas físicas ou jurídicas), inclusive usufrutuários, estão obrigados a entregar a declaração. O procedimento para a declaração deste ano está detalhado na Instrução Normativa nº 959, da Receita Federal. O contribuinte deverá entregar o Documento de Informação e Atualização Cadastral (Diac), que é o histórico da atividade do imóvel. São dados basicamente da movimentação econômica do imóvel, incluindo a produção. Deverá entregar também o Documento de Informação e Apuração do ITR, para fins de cálculo do imposto a pagar. Os imóveis imunes ou isentos estão dispensados da entrega do documento.

A lei que trata do ITR (9.393/96) dispõe de vários mecanismos de exclusão de áreas isentas de tributação. Entre elas estão as de reserva legal, as APPs (áreas de preservação permanente) e outras. É com a exclusão dessas áreas que se chega às áreas aproveitável e tributável.

Só que o contribuinte tem que tomar cuidado ao declarar essas áreas. Se elas não estiverem averbadas à margem da matrícula do imóvel, no registro imobiliário, não poderão ser declaradas. Caso sejam, o desconto de 20% que o contribuinte teria do imposto a pagar poderá custar-lhe uma multa de até 150% desse mesmo imposto. A multa neste caso será de 1% ao mês a contar do não pagamento, mais multa de mora de 20% e juros da taxa Selic. Na falta de recolhimento do tributo ou se forem constatadas informações fraudulentas, a Receita lançará de ofício o imposto e aplicará multa variável de 75% a 150%, conforme lei federal.

Segundo os advogados da área, o contribuinte deverá se precaver quanto à assinatura do ADA (Ato Declaratório Ambiental). Por esse documento, ele declara a situação ambiental de seu imóvel, que poderá ser vistoriado pelos órgãos ambientais em 6 meses. Se elas não forem verdadeiras, ele incorrerá nessas multas e ainda poderá ser processado.  Com informações do portal Estadão.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir


   Leia também:
 
[21/11/2014] - JBS faz novas aquisições no Brasil e na Austrália
[21/11/2014] - Minerva quer crescer na América do Sul
[21/11/2014] - O preço da carne caiu. E o boi?
[21/11/2014] - CEPEA: preço da arroba sobe com oferta curta
[21/11/2014] - Qual a tendência para o preço das carnes?
[21/11/2014] - Produtores investem de olho na alta da arroba
[21/11/2014] - Proibida, cama de frango ainda gera autuações

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[21/11/2014] - Milho tem forte alta
[20/11/2014] - Projeto aprovado quer proibir confinamento em SP
[20/11/2014] - Deputados dizem que MP da inspeção favorece JBS
[20/11/2014] - Oferta melhora um pouco e segura alta da arroba
[20/11/2014] - Alta da arroba do boi puxa preço do búfalo
[20/11/2014] - Exportações do agro caem, mas carne segue firme
[20/11/2014] - Campanha de vacinação contra aftosa acaba dia 30
[19/11/2014] - Acordo China-Austrália não deve afetar o Brasil
[19/11/2014] - Consumo trava alta da arroba do boi
[19/11/2014] - Confinamento caiu 11% em 2014 no Mato Grosso
[19/11/2014] - Embrapa desenvolve robô para analisar solo
[18/11/2014] - Rússia: de solução a preocupação
[18/11/2014] - Exportações à China podem começar em dezembro
[18/11/2014] - Arroba: mercado lento com preço firme
[18/11/2014] - Boi bate recorde de preço no Mato Grosso
[18/11/2014] - Bezerro subiu mais na Bahia
[18/11/2014] - Taxa de desfrute subiu quase 20% em 5 anos
[18/11/2014] - Preço do milho em alta
[18/11/2014] - Agro já gerou R$ 461 bi, pecuária cresceu 9,8%
[17/11/2014] - China oficializa fim do embargo à carne brasileira
[17/11/2014] - Bezerro em alta dificulta reposição
[17/11/2014] - Arroba do boi: mercado firme
[17/11/2014] - Demanda puxa preço do farelo de soja
[17/11/2014] - Chuva mal começou e preço do leite cai
[14/11/2014] - Boi já subiu 9% em 30 dias com mercado firme
[14/11/2014] - Carne: varejo reduz margem para manter vendas
[14/11/2014] - Mercado firme na reposição
[14/11/2014] - Atrasos preocupam produtores de leite
[14/11/2014] - Dólar em alta reforça balanço do JBS
[14/11/2014] - Câmbio que ajudou JBS atrapalha o Marfrig
[14/11/2014] - Bem-estar animal é tema de evento Brasil-UE
[13/11/2014] - Arroba: pagando mais, frigoríficos alongam escalas
[13/11/2014] - CEPEA: carne e arroba continuam subindo
[13/11/2014] - Lucro do JBS passa de R$ 1 bi no trimestre
[13/11/2014] - Marfrig tem prejjuízo de R$ 303 mi no trimestre
[13/11/2014] - Marfrig: não dá para repassar a alta do boi
[13/11/2014] - JBS: BNDES usa sigilo bancário para ocultar dados
[12/11/2014] - Forte alta nas exportações puxam demanda
[12/11/2014] - Arroba do boi caminha rumo aos R$ 150
[12/11/2014] - Arroba do boi bate recorde histórico no MT
[12/11/2014] - JBS doou R$ 253 mi a campanhas políticas em 2014
[12/11/2014] - Exportação de lácteos em alta
[12/11/2014] - Costa Rica procura genética leiteira do Brasil
[11/11/2014] - Carne: exportações em alta seguram a balança
[11/11/2014] - Brasil exporta mais carne em novembro
[11/11/2014] - Arroba do boi segue subindo firme
[11/11/2014] - Governo tenta efetivar abertura do mercado chinês
[11/11/2014] - Exportação de carne do RS sobe quase 40%
[11/11/2014] - Pecuaristas gastarão R$ 48 mi com vacinas no MT
[10/11/2014] - Arroba continua subindo forte

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br