Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
 
 
 
 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Quadrilha de roubo de gado age em Campo Grande
 
 
Publicado em 28/11/2007
Utilizando até cinco caminhões e peões a cavalo, quadrilha especializada em furto de gado vem atacando propriedades rurais em Campo Grande e municípios vizinhos. A forma de agir dos bandidos demonstra que eles contam com apoio de abatedouros clandestinos.

Na quinta-feira da semana passada, por exemplo, quadrilha utilizou dois caminhões e peões a cavalo para atacar a Fazenda Coração de Jesus, situada na saída para São Paulo. Os criminosos chegaram por volta das 21h, arrombando duas porteiras. Eles conseguiram levar 37 cabeças, avaliadas em aproximadamente R$ 37 mil.

O pecuarista Luiz Carlos Pereira, 34 anos, reclama que há necessidade de o Governo do Estado investigar os abatedouros clandestinos que existem na Capital, pois caso contrário será difícil descobrir quem está por trás destes criminosos. "O Estado depende da pecuária. Precisamos de mais segurança. Por meio do sindicato, pretendemos nos reunir com o secretário de Segurança, colocar esse problema", informou. Ele lembra que o Estado chegou a contar com uma delegacia especializada em roubo de gado nos ano 90 e isso conseguiu inibir a ação dos criminosos.

Em setembro, a quadrilha roubou 42 cabeças de gado da Fazenda Três Irmãos, situada na BR-163, a 12 quilômetros do Distrito de Anhanduí, pertencente a Orlando Chweszczuk, 63 anos. De acordo com seu depoimento na delegacia, vizinhos viram um cavaleiro levando o seu gado.

Outra vítima foi José Antonio Martins Ribeiro, 47 anos, proprietário da Chácara Novo Horizonte, localizada na saída para São Paulo. Os criminosos cortaram a cerca de sua propriedade e roubaram várias cabeças de gado, cuja quantia não foi especificada.

Camapuã

Em Camapuã, uma das vítimas foi o pecuarista Celso Pess Junior. Sua propriedade foi atacada em julho deste ano. Na oportunidade, os criminosos chegaram com cinco caminhões e cavalos, furtando 93 cabeças de gado, representando um prejuízo de R$ 85 mil. "Minha propriedade fica a 150 metros da rodovia. Acredito que os criminosos têm conhecimento da pecuária e agem com a certeza que vão conseguir abater o gado rapidamente.

Na região de Camapuã, em maio deste ano, os criminosos também atacaram a propriedade rural arrendada pela Agropecuária São Miguel da Catequese. Segundo o empresário João Luis Mella, os criminosos roubaram 60 animais. Ele não soube precisar se a ação foi de dia ou à noite, tendo em vista que o furto foi praticado em época de feriado, a propriedade fica situada à beira de rodovia e não havia ninguém no local.

"São todos gados prontos para o abate. Isso demonstra que eles realizam uma sondagem antes de praticar o crime", lembra o pecuarista Celso Pess. Não bastasse o prejuízo com o furto de seus animais, o produtor foi surpreendido com a cobrança por parte do Governo de R$ 2,3 mil referente à cobrança do ICMS dos animais que foram levados pelos criminosos. "Isso é um absurdo. Não vou pagar. Quero que eles descubram quem roubou meu gado", protesta. Com informações do Correio do Estado/MS.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir


   Leia também:
 
[29/09/2014] - Onde o boi subiu 22% em um ano?
[29/09/2014] - Pecuaristas seguram o boi e arroba sobe
[29/09/2014] - Pecuarista já paga menos pelo farelo de soja
[29/09/2014] - Demanda russa segura a arroba do boi
[29/09/2014] - Abertura russa não deve durar muito
[29/09/2014] - Presidente do BNDES evita falar sobre o JBS
[29/09/2014] - Janaúba volta a ter frigorífico após 4 anos

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[29/09/2014] - Por que a sombra é fundamental nos pastos?
[29/09/2014] - Produtor não deve repetir dados no ITR
[26/09/2014] - Brasil pode perder 12% dos pastos
[26/09/2014] - Escalas melhoram e frigoríficos aumentam pressão
[26/09/2014] - Tripanossomose chega com força ao Triângulo
[26/09/2014] - Setor do leite quer recuperar credibilidade
[26/09/2014] - Seca vai aumentar abates na Austrália
[25/09/2014] - JBS: TCU investiga relação com BNDES
[25/09/2014] - CEPEA: arroba segue estável em setembro
[25/09/2014] - Com vendas fracas de carne, só oferta segura o boi
[25/09/2014] - CAR será liberado amanhã no MT
[24/09/2014] - Arroba: impasse no mercado do boi
[24/09/2014] - MAPA tenta reverter embargos à carne do Brasil
[24/09/2014] - Reposição firme no Rio de Janeiro
[24/09/2014] - Pacto tenta fortalecer leite do Sul
[24/09/2014] - Inspeção: governo não consegue definir norma
[24/09/2014] - Bancada ruralista deve se fortalecer
[24/09/2014] - Marina diz que não vai mudar propostas pro agro
[23/09/2014] - Venda de carne trava e segura a alta do boi
[23/09/2014] - Custo da pecuária sobe
[23/09/2014] - MAPA trava exportações para a Rússia
[23/09/2014] - Dono de frigorífico é preso no Paraná
[23/09/2014] - Prazo para entrega do ITR está acabando
[22/09/2014] - Boi volta a subir
[22/09/2014] - Onde está o boi mais disputado do Brasil?
[22/09/2014] - JBS adia oferta de ações temendo eleição
[22/09/2014] - Governo zera imposto de importação de tratores
[19/09/2014] - Preço do bezerro dispara
[19/09/2014] - A arroba vai subir no MS?
[19/09/2014] - Frigoríficos voltam a pagar mais pelo boi em SP
[19/09/2014] - Rússia já pede desconto para comprar carne
[19/09/2014] - Acordo China-Austrália pode afetar carne do Brasil
[19/09/2014] - Índios: produtores aliviados com decisão do STF
[18/09/2014] - MAPA contraria regra para favorecer o JBS
[18/09/2014] - Oferta curta impede queda da arroba
[18/09/2014] - CEPEA: frigoríficos não conseguem derrubar arroba
[18/09/2014] - Carne aumenta no varejo
[18/09/2014] - Abate de bois tem pequena redução no 2° tri
[18/09/2014] - Roberto Rodrigues confirma apoio a Aécio Neves
[17/09/2014] - STF cancela demarcação de terra indígena
[17/09/2014] - Apesar da oferta curta, arroba cai em SP
[17/09/2014] - Carne cai no atacado
[17/09/2014] - Exportações de carne do MT: ritmo forte
[17/09/2014] - Desunido, Agro tenta mudar programa de Marina
[16/09/2014] - Pecuária puxou expansão do PIB do agro
[16/09/2014] - Frigoríficos tentam baixar o boi
[16/09/2014] - Surto mata 500 animais em MG e se espalha
[16/09/2014] - Falta de água vai aumentar exportação australiana
[16/09/2014] - Marfrig aposta no mercado do Reino Unido
[15/09/2014] - Boi em alta e carne em baixa travam o mercado

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br