Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
212,00 197,00 214,00
GO MT RJ
205,00 195,00 200,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1720,00
Garrote 18m 2010,00
Boi Magro 30m 2450,00
Bezerra 12m 1350,00
Novilha 18m 1620,00
Vaca Boiadeira 1850,00

Atualizado em: 5/12/2019 12:27

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Carne: importações chinesas cresceram quase 69%

 
 
 
Publicado em 25/11/2019

As importações chinesas de carnes e miúdos totalizaram 534.740 toneladas em outubro deste ano, volume 68,5% maior que o adquirido em igual mês do ano anterior, informou nesta manhã o Departamento de Alfândegas da China (GACC, na sigla em inglês). A despesa com a importação do produto aumentou 103,6%, atingindo US$ 1,764 bilhão no mês de outubro. Nos dez primeiros meses do ano, o país asiático importou 4,840 milhões de toneladas de carnes e miúdos.

As importações de carne suína foram as que registraram maior alta. Em outubro deste ano, a China adquiriu 177.426 toneladas, volume 113,9% superior ao comprado no mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, o país asiático comprou 1,503 milhão de toneladas de carne suína.

De carne bovina, o país asiático importou 150.829 toneladas em outubro, alta de 63,2% na comparação anual. De janeiro a outubro deste ano, já foram adquiridas 1,283 milhão de toneladas da commodity pela China.

As compras de carne frango e miúdos de frango congelados cresceram 64%, para 66.921 toneladas em outubro deste ano. No acumulado do ano, a China comprou 615.547 toneladas do produto.

De carne de cordeiro, o país adquiriu 28.343 toneladas em outubro, 42,3% a mais que no mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, a China importou 317.894 toneladas da proteína.

O aumento das importações chinesas de carnes ocorre em meio à crise que o país enfrenta na procura de alternativas para o suprimento de proteína animal, como consequência do avanço da peste suína africana (ASF, na sigla em inglês) sobre o seu rebanho. O Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China estima que cerca de 41% do plantel do país já foi dizimado pela doença. Com informações do Broadcast.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[05/12/2019] - Até onde vai a queda do preço do boi?
[05/12/2019] - Arroba: vendas fracas de carne travam negócios
[05/12/2019] - Ministra prevê mais investimentos na pecuária
[05/12/2019] - CNA: pecuária deverá crescer 14% em 2020
[05/12/2019] - JBS: investimento maior em aves e suínos
[05/12/2019] - Custo de produção de leite volta a subir
[05/12/2019] - Exportações de milho em alta

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[05/12/2019] - MP do Agro avança no Congresso
[04/12/2019] - Arroba: consumidor trava alta e mercado recua
[04/12/2019] - A disparada do boi em Mato Grosso
[04/12/2019] - Frigoríficos menores seguram compra de boi
[04/12/2019] - Frigorificos: exportações seguirão fortes em 2020
[04/12/2019] - Rússia barra compras de frigoríficos argentinos
[04/12/2019] - Tereza diz que mercado da carne voltará ao normal
[04/12/2019] - Júnior Friboi é alvo de operação da PF
[04/12/2019] - CVM rejeita acordo com irmãos Batista
[04/12/2019] - Cade aprova nova aquisição da JBS
[04/12/2019] - Leite: concorrência está maior em 2019
[04/12/2019] - Moro busca apoio de ruralistas para pacote
[04/12/2019] - Tereza: Agro é retratado de forma maldosa
[03/12/2019] - Arroba: frigoríficos pressionam por queda
[03/12/2019] - Qual a previsão da arroba para janeiro?
[03/12/2019] - Exportações de carne bovina: alta de 45%
[03/12/2019] - Por que as exportações caíram em relação a outubro
[03/12/2019] - Governo esclarece revisão das exportações
[03/12/2019] - Agro ganha força e ajuda na alta do PIB
[03/12/2019] - Economia saiu do fundo do poço, segundo ministério
[03/12/2019] - Confinamento: alta de 5% em 2019
[03/12/2019] - Leite: oferta curta segura preço
[02/12/2019] - Arroba cedeu. Os preços vão cair mais?
[02/12/2019] - Rússia libera unidades do JBS e do Minerva
[02/12/2019] - Erro nas exportações pode mudar mercado da carne
[02/12/2019] - Exportações à China devem continuar com força
[02/12/2019] - Alta da carne acelera fora de São Paulo
[02/12/2019] - Bolsonaro: governo não interfere no preço da carne
[29/11/2019] - É hora de ajuste no preço do boi?
[29/11/2019] - Tereza: arroba não vai voltar ao preço de antes
[29/11/2019] - Arroba: mercado se acalmou (um pouco)
[29/11/2019] - Governo confirma erro nos números das exportações
[29/11/2019] - Mercado futuro perde força na alta
[29/11/2019] - Reposição sobe forte na carona do boi
[29/11/2019] - FGV faz previsão sobre o boi em 2020
[29/11/2019] - Desemprego chega a 11,6% no trimestre
[29/11/2019] - Burocracia adia a saída do BNDES da JBS
[29/11/2019] - Índios dizem que agricultura garantirá sustento
[29/11/2019] - Vacinação é prorrogada em Mato Grosso do Sul
[28/11/2019] - Alta do boi chegou ao limite?
[28/11/2019] - Arroba: mercado do boi segue firme
[28/11/2019] - Exportação de carne deve subir com força em 2020
[28/11/2019] - Mercado futuro do boi interrompe alta
[28/11/2019] - Carne: consumidor ainda absorve mais altas?
[28/11/2019] - CEPEA: um mês para entrar na história da pecuária
[28/11/2019] - O perigo que ronda o mercado do boi
[28/11/2019] - Bolsonaro defende produção rural por índios
[28/11/2019] - UE vai importar mais carne dos EUA
[28/11/2019] - Crédito subsidiado está sobrando nos bancos
[28/11/2019] - Vacinação contra aftosa termina no sábado

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br