Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
177,00 164,00 169,00
GO MT RJ
161,00 161,00 167,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1600,00
Garrote 18m 1850,00
Boi Magro 30m 2220,00
Bezerra 12m 1260,00
Novilha 18m 1470,00
Vaca Boiadeira 1610,00

Atualizado em: 11/11/2019 09:05

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Inflação tem o menor índice em 21 anos

 
 
 
Publicado em 07/11/2019

Os preços no Brasil voltaram a subir em outubro conforme esperado, mas ainda assim registraram o menor patamar para o mês em 21 anos, e a inflação oficial em 12 meses foi abaixo do piso da meta.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve alta de 0,10% em outubro, depois de variação negativa de 0,04% em setembro, informou nesta quinta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Esse foi o resultado mais baixo para um mês de outubro desde 1998 (+0,02%) e ficou em linha com a expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,09% no mês.

Em 12 meses, o IPCA passou a registrar avanço de 2,54%, abaixo de 2,89% até setembro. Com isso a inflação vai abaixo do piso da meta oficial para 2019, de 4,25% pelo IPCA com margem de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

É o menor resultado nessa base de comparação em dois anos, repetindo a taxa de 2,54% vista em setembro de 2017, e também ficou em linha com a expectativa na pesquisa de alta de 2,52%.

A inflação fraca permanece respaldando a decisão do BC de adotar afrouxamento da política monetária. A autoridade monetária cortou a taxa básica de juros Selic em 0,5 ponto percentual em outubro, a 5% ao ano, e indicou com clareza que deverá repetir a dose em sua próxima decisão.

Para além disso, entretanto, a postura é de cautela em relação aos fatores que podem pressionar a inflação para cima diante da falta de comparativos históricos sobre as reações observadas num ambiente de Selic tão baixa.

Os dados do IBGE mostram que os principais pesos foram exercidos pelas altas de Vestuário (0,63%), Saúde e cuidados pessoais (0,40%) e Transportes (0,45%).

Já Alimentação e bebidas, com importante peso no bolso dos brasileiros, deixou para trás a queda de 0,43% em outubro e passou a subir 0,05%.

Por outro lado, três grupos registraram queda nos preços, com destaque para o recuo de 0,61% em Habitação, devido principalmente ao item energia elétrica (-3,22%).

Também apresentaram deflação Artigos de Residência e Comunicação, respectivamente de 0,09% e 0,01%. Com informações da Reuters.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[11/11/2019] - Arroba do boi: semana do feriado será de alta?
[11/11/2019] - Arábia Saudita libera 8 novos frigoríficos
[11/11/2019] - Bezerro subiu 25% em Mato Grosso do Sul
[11/11/2019] - Preço do garrote tem forte alta no Tocantins
[11/11/2019] - Exportações do Agro batem recorde de volume
[11/11/2019] - Milho: preços sobem no mercado interno
[11/11/2019] - Milho: preços ainda podem subir?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[11/11/2019] - Novas regras do leite podem ser suspensas
[11/11/2019] - Leite: produtor pode ter leite descartado
[08/11/2019] - Exportações: alta é puxada por vários países
[08/11/2019] - Alta da arroba do boi não dá sinal de trégua
[08/11/2019] - Qual será o preço do boi em janeiro?
[08/11/2019] - O preço do boi vai subir ainda mais?
[08/11/2019] - Carne: preços sobem com força para o consumidor
[08/11/2019] - Vendas de sêmen cresceram 17,5%
[08/11/2019] - Aumenta a entrega de fertilizantes em 2019
[08/11/2019] - STF derruba prisão em segunda instância
[07/11/2019] - Arroba do boi dispara em vários estados
[07/11/2019] - CEPEA: arroba bate novamente o recorde histórico
[07/11/2019] - Arroba já passa de R$ 200 no mercado futuro
[07/11/2019] - Frigoríficos: exportações vão continuar com força
[07/11/2019] - Governo prevê crescimento maior da economia
[07/11/2019] - Inflação tem o menor índice em 21 anos
[07/11/2019] - Com ações em queda, JBS anuncia nova compra
[07/11/2019] - CNA protesta contra mais impostos sobre o Agro
[06/11/2019] - China deve aumentar ainda mais as importações
[06/11/2019] - Bolsonaro terá nova reunião com presidente chinês
[06/11/2019] - Tereza: veto dos EUA não é nenhuma catástrofe
[06/11/2019] - Arroba a R$ 200 reais já é realidade?
[06/11/2019] - Arroba: frigos pagam até R$ 5 a mais por boi China
[06/11/2019] - Reposição: preços vão continuar subindo?
[06/11/2019] - JBS: PF pediu prisão de Dilma em operação
[06/11/2019] - JBS perde R$ 3 bilhões com ação da PGR
[06/11/2019] - Mais um estado quer taxar o produtor rural
[06/11/2019] - Preço do caroço de algodão caiu em Mato Grosso
[06/11/2019] - Produtor PF pode conseguir recuperação judicial
[05/11/2019] - Arroba: exportações e oferta curta puxam alta
[05/11/2019] - Preços do boi e da vaca subiram em Mato Grosso
[05/11/2019] - Carne em alta no varejo
[05/11/2019] - Exportações de carne para China cresceram 62%
[05/11/2019] - EUA mantêm veto à carne do Brasil
[05/11/2019] - Porta-voz: expectativa era fim do veto
[05/11/2019] - Banco do Brasil está otimista com mercado da carne
[05/11/2019] - Dona da JBS é alvo da PF em nova operação
[05/11/2019] - Leite: produtor do nordeste pode ter aumento
[05/11/2019] - Leite: está mais caro produzir
[05/11/2019] - Milho: mercado perdeu força, mas fechou em alta
[04/11/2019] - Arroba do boi pode chegar perto de R$ 200 em 2020
[04/11/2019] - Exportações de carne batem recorde histórico
[04/11/2019] - Arroba do boi continua em alta
[04/11/2019] - Está faltando reposição em Mato Grosso
[04/11/2019] - Mercado vê crescimento maior em 2019
[04/11/2019] - China libera novos frigoríficos de suínos
[04/11/2019] - Milho: alta perdeu força
[04/11/2019] - Como ficará a questão do Funrural?
[01/11/2019] - Arroba: o maior valor desde novembro de 2016
[01/11/2019] - O boi vai mesmo continuar subindo?

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br