Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
177,00 164,00 169,00
GO MT RJ
161,00 161,00 167,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1600,00
Garrote 18m 1850,00
Boi Magro 30m 2220,00
Bezerra 12m 1260,00
Novilha 18m 1470,00
Vaca Boiadeira 1610,00

Atualizado em: 11/11/2019 09:05

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

JBS perde R$ 3 bilhões com ação da PGR

 
 
 
Publicado em 06/11/2019

As ações da JBS chegaram a cair 7% na tarde desta terça-feira (5) com a notícia de que o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu ao ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), o fim da imunidade criminal dos irmãos Batista, concedida no acordo de delação premiada de 2017.

Ao fim do pregão, os papéis amenizaram o recuo para 3,87%, maior queda da Bolsa, e fecharam cotados da R$ 28, menor valor desde agosto deste ano. Com a queda, a empresa perdeu R$ 3 bilhões em valor de mercado.

Em documento enviado a Fachin nesta segunda (4), Aras pede a homologação das rescisões dos acordos de delação premiada dos ex-executivos da JBS Joesley Batista, Ricardo Saud, Wesley Batista e Francisco de Assis e Silva em 2017.

O procurador baseia seu pedido em supostos crimes cometidos pelos executivos após o acordo de delação premiada.

"Ao invés de adentrarem um espaço de conscientização e redenção pela prática de incontáveis delitos ao longo de suas vidas, escolheram fazer mais do mesmo: continuar delinquindo. Tudo com o intuito de potencializar seus ganhos no acordo que viria a ser filmado", diz Aras em sua manifestação.

Ele cita que os executivos deixaram de informar espontaneamente ao Ministério Público Federal (MPF) a possível conduta ilícita por parte do ex-procurador Marcello Miller.

Segundo relatório da PF (Polícia Federal), Miller teria feito jogo duplo durante a elaboração dos acordos de delação de executivos da JBS. O documento aponta que ele recebeu R$ 1,8 milhão da J&F Investimentos, grupo que controla a JBS, quando ainda integrava a equipe da Procuradoria-Geral da República (PGR), para atuar como advogado de um escritório contratado pela J&F Investimentos.

Aras também pontua que Joesley Batista e Ricardo Saud demoraram quase quatro meses após a primeira delação para indicar ao MPF o pagamento de R$ 500 mil ao senador Ciro Nogueira (PP-PI) em troca do seu apoio à então presidente da República, Dilma Roussef, por ocasião do impeachment.

Eles enviaram provas do pagamento ao MPF em 31 de agosto de 2017. No entanto, tal pagamento ocorreu em 17 de março daquele ano, antes da delação firmada em 3 de maio.

Por fim, o procurador cita as investigações a Wesley e Joesley Batista por insider trading, uso de informações privilegiadas para a obtenção de ganhos no mercado financeiro. Os irmãos teriam tido ganhos ilegais com a venda e a recompra de ações da JBS e com negociações de contratos de dólar na época da delação premiada.

No dia que a conversa entre Joesley e o ex-presidente Michel Temer (MDB), parte da delação, foi divulgada, a Bolsa despencou e o dólar disparou. A data passou a ser conhecida no mercado financeiro como Joesley Day.

O pedido de Aras ainda precisa ser analisado pelo STF e não exclui a validade do material coletado na delação.

Procurada, a assessoria da J&F disse que a empresa não comentaria o pedido de Augusto Aras.

Outro fator para a queda das ações nesta terça (5) foi a intimação pela PF a ex-presidente Dilma, aos senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Eduardo Braga (AM), líder do MDB e ao do ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU), a prestarem depoimentos no inquérito que apura se a JBS fez doações ilícitas de R$ 40 milhões a políticos na campanha eleitoral de 2014.

As medidas foram autorizadas por Fachin, que também autorizou o cumprimento de mandados de busca e apreensão contra pessoas ligadas aos citados na investigação.

Segundo o inquérito sobre o caso, a JBS disponibilizou para o PT uma conta no exterior, cujos recursos foram usados para bancar campanhas em 2014, ano em que Dilma disputou, com sucesso, a reeleição.

Os detalhes da operação não foram divulgados, pois a investigação tramita em sigilo. Com informações do jornal O Tempo.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[11/11/2019] - Arroba do boi: semana do feriado será de alta?
[11/11/2019] - Arábia Saudita libera 8 novos frigoríficos
[11/11/2019] - Bezerro subiu 25% em Mato Grosso do Sul
[11/11/2019] - Preço do garrote tem forte alta no Tocantins
[11/11/2019] - Exportações do Agro batem recorde de volume
[11/11/2019] - Milho: preços sobem no mercado interno
[11/11/2019] - Milho: preços ainda podem subir?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[11/11/2019] - Novas regras do leite podem ser suspensas
[11/11/2019] - Leite: produtor pode ter leite descartado
[08/11/2019] - Exportações: alta é puxada por vários países
[08/11/2019] - Alta da arroba do boi não dá sinal de trégua
[08/11/2019] - Qual será o preço do boi em janeiro?
[08/11/2019] - O preço do boi vai subir ainda mais?
[08/11/2019] - Carne: preços sobem com força para o consumidor
[08/11/2019] - Vendas de sêmen cresceram 17,5%
[08/11/2019] - Aumenta a entrega de fertilizantes em 2019
[08/11/2019] - STF derruba prisão em segunda instância
[07/11/2019] - Arroba do boi dispara em vários estados
[07/11/2019] - CEPEA: arroba bate novamente o recorde histórico
[07/11/2019] - Arroba já passa de R$ 200 no mercado futuro
[07/11/2019] - Frigoríficos: exportações vão continuar com força
[07/11/2019] - Governo prevê crescimento maior da economia
[07/11/2019] - Inflação tem o menor índice em 21 anos
[07/11/2019] - Com ações em queda, JBS anuncia nova compra
[07/11/2019] - CNA protesta contra mais impostos sobre o Agro
[06/11/2019] - China deve aumentar ainda mais as importações
[06/11/2019] - Bolsonaro terá nova reunião com presidente chinês
[06/11/2019] - Tereza: veto dos EUA não é nenhuma catástrofe
[06/11/2019] - Arroba a R$ 200 reais já é realidade?
[06/11/2019] - Arroba: frigos pagam até R$ 5 a mais por boi China
[06/11/2019] - Reposição: preços vão continuar subindo?
[06/11/2019] - JBS: PF pediu prisão de Dilma em operação
[06/11/2019] - JBS perde R$ 3 bilhões com ação da PGR
[06/11/2019] - Mais um estado quer taxar o produtor rural
[06/11/2019] - Preço do caroço de algodão caiu em Mato Grosso
[06/11/2019] - Produtor PF pode conseguir recuperação judicial
[05/11/2019] - Arroba: exportações e oferta curta puxam alta
[05/11/2019] - Preços do boi e da vaca subiram em Mato Grosso
[05/11/2019] - Carne em alta no varejo
[05/11/2019] - Exportações de carne para China cresceram 62%
[05/11/2019] - EUA mantêm veto à carne do Brasil
[05/11/2019] - Porta-voz: expectativa era fim do veto
[05/11/2019] - Banco do Brasil está otimista com mercado da carne
[05/11/2019] - Dona da JBS é alvo da PF em nova operação
[05/11/2019] - Leite: produtor do nordeste pode ter aumento
[05/11/2019] - Leite: está mais caro produzir
[05/11/2019] - Milho: mercado perdeu força, mas fechou em alta
[04/11/2019] - Arroba do boi pode chegar perto de R$ 200 em 2020
[04/11/2019] - Exportações de carne batem recorde histórico
[04/11/2019] - Arroba do boi continua em alta
[04/11/2019] - Está faltando reposição em Mato Grosso
[04/11/2019] - Mercado vê crescimento maior em 2019
[04/11/2019] - China libera novos frigoríficos de suínos
[04/11/2019] - Milho: alta perdeu força
[04/11/2019] - Como ficará a questão do Funrural?
[01/11/2019] - Arroba: o maior valor desde novembro de 2016
[01/11/2019] - O boi vai mesmo continuar subindo?

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br