Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
154,00 141,00 146,00
GO MT RJ
142,00 140,00 141,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1400,00
Garrote 18m 1660,00
Boi Magro 30m 2000,00
Bezerra 12m 1040,00
Novilha 18m 1280,00
Vaca Boiadeira 1450,00

Atualizado em: 25/3/2019 11:27

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Bancada ruralista não garante apoio à reforma

 
 
 
Publicado em 14/03/2019

No comando de uma das maiores forças políticas dentro do Congresso Nacional, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), afirma que não dá para garantir que todos os mais de 270 filiados votarão a favor da reforma da Previdência. Ele buscou minimizar as críticas já feitas por lideranças parlamentares à articulação do governo, mas avisou que até agora houve apenas um “treino” e que a “hora da verdade” chega com o início da tramitação da proposta.

“Nós não teremos céu de brigadeiro na relação da reforma da Previdência, a gente sabe disso. Porque, na verdade, tem um contencioso de relação de natureza política e as pessoas vão tirar proveito desse debate”, diz Moreira em entrevista ao Estadão/Broadcast.

Ele também dá um recado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, com quem a bancada ruralista entrou em choque no início do ano, após a equipe econômica querer acabar com a proteção tarifária aos produtores de leite no Brasil.

“Vamos certamente aprender a trabalhar juntos, o Parlamento e Paulo Guedes. Mas de onde ele veio? Ele nunca trabalhou com relação pública, tem formação completamente distinta. É absolutamente qualificado, mas fazer essa condução do uso do capital com responsabilidade social não é uma coisa dele. Ele é uma pessoa de ciências exatas, veio de lá e faz a conta. Agora tem um meio político, ele vai aprender com isso com certeza. A dor ensina a gemer”, afirma Moreira.

Relação política

O presidente da FPA avalia que o governo tem um conjunto de pessoas “que não é afeito à relação política”, mas evita tecer críticas porque, segundo ele, até agora não houve necessidade de pôr à prova a articulação do governo. “Vai ter agora, para a reforma da Previdência. Vamos ver como o governo age por meio de seus líderes, vice-líderes, ministros. Aí é a hora da verdade, por enquanto é treino”, diz.

Moreira tomou posse como presidente da FPA no dia 19 de fevereiro, véspera da apresentação da proposta. Ele sucedeu no cargo Tereza Cristina, atual ministra da Agricultura. Durante a tramitação da reforma da Previdência do ex-presidente Michel Temer, a frente foi um dos principais atores na discussão, mas nunca fechou questão ou comunicou posição oficial sobre a proposta - postura que deve ser repetida agora com a reforma do presidente Jair Bolsonaro.

“A Frente Parlamentar da Agropecuária não tem a pretensão de ter unidade com relação a isso, nem sequer de fazer qualquer tipo de tutela”, afirma ele, que não arrisca um número de votos com os quais o governo poderia dar como certos a favor da reforma.

A posição coloca um obstáculo ao governo, caso a intenção seja manter a ideia de negociação de votações com frentes temáticas em vez de partidos específicos. “Eu não sei até que ponto isso funciona (negociação com frentes). Acho que o presidente, quando quis tratar com as frentes, queria muito mais tratar da composição de governo”, diz Moreira.

Ele defende que os congressistas possam indicar pessoas para ocupar cargos do governo nos Estados, desde que tenham currículo adequado para o posto. Recentemente, Bolsonaro sinalizou a Maia que aceitaria as indicações em prol da articulação pela reforma, desde que os candidatos tenham boa reputação. Com informações do portal Estadão.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[25/03/2019] - Líder nega nova greve dos caminhoneiros
[25/03/2019] - Arroba: pecuarista ainda pode segurar boi
[25/03/2019] - Arroba: escalas estão curtas
[25/03/2019] - Exportações de gado em pé têm mais um mercado
[25/03/2019] - ABIEC: protesto americano é esperneio
[25/03/2019] - Preço do milho caiu com força
[25/03/2019] - Governo vai mudar lei sobre terra de estrangeiros
[25/03/2019] - Crédito rural: BB deve reduzir empréstimos

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[22/03/2019] - Aumento de impostos sobre o Agro é um erro
[22/03/2019] - Atacado da carne ensaia uma reação
[22/03/2019] - Arroba: demanda fraca segura alta do boi
[22/03/2019] - Milho: exportações perderam força
[22/03/2019] - Leite: preços podem cair?
[21/03/2019] - Ex-presidente Michel Temer é preso pela Lava Jato
[21/03/2019] - Ações da JBS caem com prisão de Temer
[21/03/2019] - Arroba do boi continua subindo
[21/03/2019] - Como está o atacado da carne?
[21/03/2019] - CEPEA: boi teve alta de quase 2%
[21/03/2019] - Pecuaristas dos EUA vão ao ataque contra o Brasil
[21/03/2019] - FPA ameniza declarações de ministro contra China
[21/03/2019] - Brasil não deve decidir entre EUA e China
[21/03/2019] - Tereza: Agro precisa de investimentos urgentes
[20/03/2019] - China nega habilitação de novos frigoríficos
[20/03/2019] - Frigoríficos ainda não têm posição sobre China
[20/03/2019] - EUA marcarão data para inspecionar frigoríficos
[20/03/2019] - Arroba: frigoríficos já pagam mais pelo boi
[20/03/2019] - Frigos apontam possível alta em abate clandestino
[20/03/2019] - Mercado de lácteos está fraco
[20/03/2019] - Emprego no agro ficou estável em 2018
[19/03/2019] - Boi: frigoríficos têm dificuldade para comprar
[19/03/2019] - Exportações do Agro seguem fortes
[19/03/2019] - Abates ficaram estáveis em SP
[19/03/2019] - EUA: Expectativa no mercado da carne bovina
[19/03/2019] - Brasil irá à China para aumentar exportações
[19/03/2019] - China: postura do governo preocupa o Agro
[19/03/2019] - Carne: Argentina quer ganhar espaço na China
[19/03/2019] - Exportações do agro gaúcho têm forte queda
[19/03/2019] - Índio não quer ser tratado como coitadinho
[18/03/2019] - Arroba do boi retoma trajetória de alta
[18/03/2019] - Reposição retoma o ritmo e volta a subir
[18/03/2019] - Carne: vendas do varejo voltam a crescer
[18/03/2019] - EUA: Tereza pedirá amanhã o fim do embargo
[18/03/2019] - Incêndio atinge unidade da JBS
[18/03/2019] - Milho: preço vira e começa a cair
[18/03/2019] - Investidores lucram com ações do Minerva
[15/03/2019] - MP: BNDES emprestou à JBS muito mais que deveria
[15/03/2019] - MPF: Palocci recebeu R$ 2,5 mi para ajudar JBS
[15/03/2019] - Fachin pede que STF marque julgamento dos Batista
[15/03/2019] - Arroba: oferta restrita mantém preços firmes
[15/03/2019] - Está faltando gado no Maranhão
[15/03/2019] - Milho: preços devem cair
[15/03/2019] - Novo presidente do BC quer mudar crédito rural
[15/03/2019] - Em live, Bolsonaro ressalta parceria com a China
[15/03/2019] - Exportações de carne australiana devem cair 8%
[14/03/2019] - Frigoríficos têm dificuldade para comprar boi
[14/03/2019] - Vendas de carne decepcionaram durante o Carnaval
[14/03/2019] - Preço do boi magro pode ajudar confinadores
[14/03/2019] - Exportações estão crescendo em novos mercados

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br