Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
144,00 134,00 138,00
GO MT RJ
133,00 129,00 136,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1260,00
Garrote 18m 1510,00
Boi Magro 30m 1860,00
Bezerra 12m 970,00
Novilha 18m 1140,00
Vaca Boiadeira 1350,00

Atualizado em: 21/8/2018 12:52

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Rodrigo Maia defende revisão do desarmamento

 
 
 
Publicado em 10/05/2018

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pré-candidato à Presidência da República, aproveitou sua participação em um evento com representantes do agronegócio para defender o "direito individual" de porte ou posse de armas de fogo.

Durante almoço na Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília, Maia defendeu mudanças na Lei do Desarmamento e disse que está pronto para enfrentar o assunto.

"Eu acho que está chegando o momento em que a gente vai discutir, conciliar um texto, onde a gente tire a discricionariedade (poder de decisão sobre a liberação da arma) da mão da Polícia Federal", comentou Maia. "As regras precisam ser duras para que cada um possa ter o porte ou posse da arma, mas depois que cada cidadão que demanda a posse ou porte da arma cumprir as regras da lei, não pode ser uma decisão individual, de um delegado de polícia de um estado, cumprir a lei e outro não cumprir."

Segundo Maia, o país deve ainda passar por um recadastramento de portes. "Eu acho que já está ficando madura a possibilidade de um recadastramento, de retirar a discricionariedade, e ver de que forma a gente consegue, de fato, ter uma lei que garanta ao indivíduo um direito que qualquer país do mundo tem."

Segundo o presidente da Câmara, não se trata de "aprovar uma lei que seja uma coisa muito flexível" e que "transfira ao indivíduo uma responsabilidade que é do Estado", mas sim de reconhecer "um direito individual que precisa ser respeitado".

As declarações foram feitas durante apresentação de um estudo da CNA sobre Criminalidade no Campo. O trabalho, como reconhecem seus autores, não chega a apresentar dados precisos sobre o aumento da violência nas zonas rurais, por causa da dificuldade de coletar informações, mas alerta que as ocorrências cresceram muito nos últimos anos.

As mudanças na Lei do Desarmamento estão entre as demandas que os ruralistas apresentaram a Rodrigo Maia. Nesta quarta-feira, o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, entregará o documento ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. O levantamento traz 12 propostas para o combate à violência no campo, as quais se concentram em medidas para ampliar o policiamento nas zonas rurais do País, além de pedir metas de redução da violência e um conjunto de leis que tramitam no Congresso para reduzir as ocorrências.

Conforme reportagem do jornal O Estado de S. Paulo no último domingo, dia 6, dados oficiais do governo de Mato Grosso, maior produtor de grãos do país, mostram uma alta de 60% nos registros de roubos e furtos no campo entre 2014 e 2017. No mesmo período, houve incremento de 20% dos índices em Goiás; de 7,5% no Rio Grande do Sul; e de 4% em Minas Gerais – onde a média dos últimos dois anos é de 139 casos por dia. Os dados são da própria CNA, que passou a produzir o Observatório da Criminalidade no Campo desde 2016.  Com informações do portal Estadão.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[21/08/2018] - Árabes podem assumir controle do Minerva
[21/08/2018] - Com oferta, ações do Minerva disparam
[21/08/2018] - Arroba: preços firmes com oferta curta
[21/08/2018] - Exportações de carne podem bater novo recorde
[21/08/2018] - Carne: consumo ainda segue devagar
[21/08/2018] - Leite: preços caem em SP
[21/08/2018] - Leite recua pela primeira vez em 2 meses no RS
[21/08/2018] - Leite sobe mais de 12% no Mato Grosso do Sul

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[20/08/2018] - Arroba: frigoríficos não tentam baixar preço
[20/08/2018] - Alemanha triplica importações de carne brasileira
[20/08/2018] - Leite longa vida recua no atacado
[20/08/2018] - Marfrig sai do mercado de frango
[20/08/2018] - Após venda, Marfrig espera faturar R$ 40 bi
[20/08/2018] - Preço do milho continua subindo
[20/08/2018] - Produtores estão sendo impedidos de obter crédito
[20/08/2018] - MT: donos de frigoríficos protestam contra imposto
[17/08/2018] - Arroba: boi está firme, apesar do fim de mês
[17/08/2018] - Brasil terá concorrência dura dos EUA
[17/08/2018] - Marfrig fecha venda de unidade por US$ 2,5 bi
[17/08/2018] - China estende sobretaxa ao frango brasileiro
[16/08/2018] - Pressão de alta na arroba do boi
[16/08/2018] - CEPEA: primeira quinzena foi de alta para o boi
[16/08/2018] - Exportações seguem em crescimento
[16/08/2018] - JBS: dólar em alta pode ajudar exportações
[16/08/2018] - Frigoríficos: prejuízo de quase R$ 4 bilhões
[16/08/2018] - JBS não aderiu ao REFIS do Funrural
[16/08/2018] - É hora de suspender a vacinação no Paraná?
[16/08/2018] - Fux detalha audiência sobre tabela do frete
[15/08/2018] - Crise na Turquia preocupa pecuaristas brasileiros
[15/08/2018] - JBS tem prejuízo de quase R$ 1 bi no trimestre
[15/08/2018] - Marfrig: prejuízo de R$ 582 mi no trimestre
[15/08/2018] - JBS: BNDES diz não achar nada de errado
[15/08/2018] - Arroba: boi sobe e frigoríficos seguram as compras
[15/08/2018] - PGR é a favor da liberação da exportação de gado
[15/08/2018] - Exportação de milho segue em alta
[14/08/2018] - Assaltos se espalham pelo campo
[14/08/2018] - Arroba: mercado é de alta
[14/08/2018] - Confinamento deve ser menor no Mato Grosso
[14/08/2018] - Aumenta a procura por animais mais jovens
[14/08/2018] - Milho está mais caro no Mato Grosso do Sul
[14/08/2018] - Com frete, milho argentino e dos EUA mais baratos
[14/08/2018] - Mais uma empresa anuncia compra de caminhões
[13/08/2018] - Arroba: oferta curta segue ditando o preço
[13/08/2018] - Arroba: seca história deve impactar preços
[13/08/2018] - Exportações de boi já ultrapassaram 2017
[13/08/2018] - Alta do milho segue firme
[13/08/2018] - CNA: lei da tabela de frete é um cheque em branco
[13/08/2018] - Começa hoje o prazo para declarar o ITR
[10/08/2018] - Frigoríficos estão otimistas com as exportações
[10/08/2018] - Alta da arroba do boi continua firme
[10/08/2018] - Reposição: arroba sobe e movimenta o mercado
[10/08/2018] - Temer sanciona lei do frete tabelado
[10/08/2018] - Arábia Saudita quer mais um pedaço do Minerva
[10/08/2018] - Mais um processo contra os irmãos Batista
[10/08/2018] - Agro bateu recorde de exportações no semestre
[10/08/2018] - Milho: produção brasileira será menor
[10/08/2018] - MP do Refis do Funrural é prorrogada
[09/08/2018] - Margens dos frigoríficos seguem altas

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br