Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
146,00 131,00 142,00
GO MT RJ
140,00 130,00 140,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1280,00
Garrote 18m 1550,00
Boi Magro 30m 1910,00
Bezerra 12m 950,00
Novilha 18m 1170,00
Vaca Boiadeira 1320,00

Atualizado em: 11/12/2017 11:25

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Leite: qual a perspectiva para os próximos meses?

 
 
 
Publicado em 06/12/2017

Mais um mês de queda no preço do leite pago ao produtor. Segundo levantamento da Scot Consultoria, considerando a média nacional, houve recuo de 1,6% na comparação mensal.

O recuo foi menor comparativamente com os meses anteriores, mas o cenário ainda é de pressão de baixa. O produtor recebeu R$1,041 por litro, sem o frete, 8,2% menos que no mesmo período do ano passado. 

A demanda não melhorou. A tentativa de aumentar os preços no atacado para melhorar a margem das indústrias não deu certo e as cotações dos lácteos e do leite longa vida voltaram a cair em novembro.

Do lado da produção, houve queda nos volumes captados no Sul do país e na região Nordeste, mas os incrementos no Brasil Central e região Sudeste compensaram e a média nacional aumentou 1,1% em outubro, em relação a setembro deste ano, segundo o Índice Scot Consultoria de Captação de Leite. Para novembro, os dados parciais apontam para alta de 0,9%, na comparação mensal.

O pico de produção está previsto para dezembro/17 em importantes bacias leiteiras, como São Paulo, Minas Gerais e Goiás.

No Sul do país, a captação deverá seguir entre estável e queda nos próximos meses. Este cenário de oferta mais ajustado no Sul deverá ajudar a diminuir, em parte, a pressão de baixa no mercado do leite, mas o viés ainda é de baixa para dezembro/17, com previsão de manutenção dos preços ao produtor em janeiro/18.

Para o pagamento a ser realizado em dezembro (produção de novembro), 62,0% dos laticínios pesquisados pela Scot Consultoria acreditam em manutenção dos preços do leite ao produtor, 30,0% falam em queda e os 8,0% restantes acreditam em alta nos preços do leite.

Aumentou o número de empresas falando em estabilidade, mas ainda assim, na média, os preços do leite deverão recuar em dezembro, com uma pressão de baixa menor nos estados das regiões Sul e Nordeste.

Para janeiro de 2018, o tom do mercado é de estabilidade, com alguns laticínios apontando para ligeiras altas para o produtor. Com informações da Scot Consultoria.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[11/12/2017] - Operação da PF investiga propina da JBS a fiscal
[11/12/2017] - Arroba continua a subir com firmeza
[11/12/2017] - Carne sobe e melhora perspectiva para o boi
[11/12/2017] - Reposição começa a se agitar no Tocantins
[11/12/2017] - Acordo com a UE pode ser anunciado até o dia 21
[11/12/2017] - Missão oficial de Hong Kong inspeciona frigorífico
[11/12/2017] - Funrural: votação deve acabar amanhã na Câmara

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[11/12/2017] - Venda de milho está parada
[08/12/2017] - Arroba: frigoríficos pagam cada vez mais pelo boi
[08/12/2017] - Frigoríficos: vendas para o Natal surpreendem
[08/12/2017] - Reação do mercado agora depende do consumidor
[08/12/2017] - JBS diz que vai recuperar o mercado perdido
[08/12/2017] - BNDES deve vender ações da JBS
[08/12/2017] - JBS mantém planos de vender ações em NY
[08/12/2017] - Venda da Itambé pode parar na Justiça
[08/12/2017] - Governo do MS reduz impostos para laticínios
[08/12/2017] - Preço do farelo de algodão cai com força
[07/12/2017] - Arroba: boi sobe e tem mais espaço para alta
[07/12/2017] - Preço do bezerro sobe com volta das chuvas
[07/12/2017] - Exportações podem fechar ano com forte alta
[07/12/2017] - Ameaça de Trump faz México buscar carne do Brasil
[07/12/2017] - Negociações para reabertura da Rússia vão bem
[07/12/2017] - Compra da Itambé cria nova líder no leite
[07/12/2017] - Índios pedem ajuda para poder produzir
[06/12/2017] - Arroba: cotações firmes e subindo
[06/12/2017] - Confinamento deve fechar o ano com alta de 5,5%
[06/12/2017] - CCPR surpreende e vende Itambé imediatamente
[06/12/2017] - Leite: qual a perspectiva para os próximos meses?
[06/12/2017] - Leite caiu, mas custo de produção segue subindo
[06/12/2017] - Lácteos: Brasil importa menos, mas deficit segue
[06/12/2017] - Gilmar Mendes pede vista e Wesley continuará preso
[06/12/2017] - CPI da JBS pode convocar Lula e Dilma para depor
[06/12/2017] - Bancada corre contra o tempo por Funrural
[06/12/2017] - CNA pede aprovação da Reforma da Previdência
[06/12/2017] - Fazenda de frigorífico falido é invadida em SP
[05/12/2017] - Arroba sobe com demanda firme
[05/12/2017] - Carnes sobem e devem puxar a arroba do boi
[05/12/2017] - Recuperação no consumo puxa ações de frigoríficos
[05/12/2017] - Novilho Precoce supera expectativas no MS
[05/12/2017] - Leite: demanda continua fraca
[05/12/2017] - CCPR compra Itambé com ajuda do governo de MG
[05/12/2017] - Pecuaristas não entendem embargo russo
[04/12/2017] - Arroba: boi continua a subir com oferta escassa
[04/12/2017] - Reposição: alta do boi já puxa preços na reposição
[04/12/2017] - Acordo UE-Mercosul pode estar finalmente próximo
[04/12/2017] - Abates começam a se recuperar no MS
[04/12/2017] - Exportações de carne bovina: alta de 50%
[04/12/2017] - Milho: preço caiu em novembro
[04/12/2017] - Funrural: situação difícil para o produtor rural
[04/12/2017] - Perto do fim do prazo, produtores fora do CAR
[04/12/2017] - Amazonas e Amapá livres da aftosa
[04/12/2017] - Omissão do Estado estimula MST
[01/12/2017] - Arroba: frigoríficos pagam cada vez mais pelo boi
[01/12/2017] - Reposição ainda está devagar no Paraná
[01/12/2017] - Santos exporta boi pela primeira vez em 20 anos
[01/12/2017] - PIB do Agro cai com mudança na apuração do IBGE
[01/12/2017] - Mesmo com queda, Agro segue puxando o PIB

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br