Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
140,00 129,00 135,00
GO MT RJ
130,00 127,00 136,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1270,00
Garrote 18m 1530,00
Boi Magro 30m 1860,00
Bezerra 12m 940,00
Novilha 18m 1160,00
Vaca Boiadeira 1320,00

Atualizado em: 20/11/2017 10:50

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Como prevenir a brucelose no rebanho?

 
 
 
Publicado em 17/07/2017

Para evitar problemas na carne, a aplicação correta de vacinas tem sido amplamente discutida nos últimos dias e não tem sido diferente quando o assunto é a prevenção da brucelose, uma das doenças mais graves da pecuária. A equipe do Jornal da Pecuária foi até um centro veterinário para mostrar os procedimentos corretos na hora de aplicar a vacina.

A doença contagiosa é transmitida principalmente via bocas e narinas. A mucosa ocular e lesões de pele também são portas de entrada da bactéria que atinge os sistemas reprodutivos dos machos e das fêmeas.

“A maior incidência é nas fêmeas, onde a bactéria começa a provocar morte celular no sistema reprodutivo e, no terço final da gestação, ocorre o aborto. Essa é a principal rotina na clínica de bovinos”, disse o médico veterinário Henrique Scomparin Guardia.

Nos machos, segundo o veterinário, a bactéria costuma se instalar na cauda do epidídimo, deixando o animal com problemas reprodutivos e taxa de prenhez baixa, podendo gerar também inchaço nos testículos.

A doença não tem cura e pode ser transmitida ao ser humano e causar infertilidade em homens e mulheres. A contaminação se dá pela ingestão de leite cru e derivados fabricados com matéria-prima de animais doentes, ou no contato com o gado infectado, esteja ele vivo ou morto.

A brucelose é tão grave, que 75% de um rebanho pode ser perdido caso exista algum foco de contaminação. Por esse motivo, a vacinação é obrigatória e precisa ser comprovada com um atestado emitido por um veterinário habilitado e cadastrado no Ministério da Agricultura, além de uma marcação do lado esquerdo dda face dos animais de produção.

A prevenção é feita em uma dose única de 2 ml por animal e pode ser aplicada com seringa descartável ou revólver de vacinação, somente em fêmeas. No mercado, existem dois tipos de vacinas, sendo que uma delas é a B 19 e a outra é a RB 51, que custam entre R$ 1,50 e R$ 3,00 a dose.

Apesar do potencial de prevenção, a vacina por si só não é garantia de imunização. Por isso, é necessário fazer também os exames periódicos na idade de reprodução, que começa aos 24 meses de vida. Caso algum animal esteja contaminado, a recomendação é pelo abate imediato.

“Esses animais terão que ser notificados no escritório de Defesa Animal marcados com a marca P do lado esquerdo da cara confirmando que é positivo e automaticamente descartado do rebanho”, disse o veterinário. Com informações do Canal Rural.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[20/11/2017] - Rússia confirma bloqueio à carne bovina brasileira
[20/11/2017] - Arroba segue em alta
[20/11/2017] - BNDES quer avaliar mercado pecuário
[20/11/2017] - Preço do leite continua a cair em Minas Gerais
[20/11/2017] - Pesquisadores querem vaca gir transgênica
[20/11/2017] - Compradores de milho recuam e preço cai
[20/11/2017] - MP do Funrural é presente de Natal à JBS
[20/11/2017] - Prazo para aderir ao Refis rural está acabando

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[17/11/2017] - Arroba: mercado está movimentado
[17/11/2017] - Reposição começa a se novimentar
[17/11/2017] - Frigol reabre unidade em Goiás
[17/11/2017] - Marfrig quer avançar mais sobre o mercado da JBS
[17/11/2017] - JBS já levantou R$ 6 bi com vendas de ativos
[17/11/2017] - Polícia recupera carga milionária de sêmen
[17/11/2017] - Milho: produção deve cair em 2018
[16/11/2017] - Arroba: mercado firma e pode subir mais
[16/11/2017] - Arroba: frigoríficos pagam bem acima da referência
[16/11/2017] - Rússia ameaça barrar importações de carnes
[16/11/2017] - Marfrig parcela dívida bilionária no Refis
[16/11/2017] - Funrural: mudanças na MP beneficiam frigoríficos
[16/11/2017] - Produtores expulsam índios invasores no Paraná
[16/11/2017] - Farelo de soja: dólar parou de subir
[16/11/2017] - MAPA ainda prevê queda para o PIB da Pecuária
[14/11/2017] - Confinamento surpreende e sobe 12% no MT
[14/11/2017] - Arroba: mercado firme com alta na demanda
[14/11/2017] - Minerva prevê dois anos favoráveis aos frigos
[14/11/2017] - Delação derrubou as vendas da JBS no Brasil
[14/11/2017] - Marfrig tem prejuízo de R$ 58,4 milhões
[14/11/2017] - China já representa quase 40% das exportações
[14/11/2017] - Leite: margens devem continuar apertadas
[14/11/2017] - CCPR tem até o final do mês para pagar pela Itambé
[14/11/2017] - Confiança da pecuária sobe e puxa índice do Agro
[14/11/2017] - Reforma Trabalhista já está valendo
[14/11/2017] - Empregado rural perde e deve pagar R$ 8,5 mil
[13/11/2017] - Arroba volta a subir
[13/11/2017] - Carne segue em alta no varejo
[13/11/2017] - Reposição começa a subir em Rondônia
[13/11/2017] - Turquia aumenta compras de boi em pé do Brasil
[13/11/2017] - Minerva retoma abates em unidade reaberta
[13/11/2017] - JBS: incertezas quanto ao futuro continuam
[13/11/2017] - MAPA acompanha risco de quebra da JBS
[13/11/2017] - JBS nega que esteja em dificuldades
[13/11/2017] - Para evitar embargo, Brasil libera trigo russo
[13/11/2017] - Exportações puxam para cima o preço do milho
[13/11/2017] - Empréstimo público pode pagar compra da Itambé
[13/11/2017] - Leite: uma maneira simples de aumentar a produção
[10/11/2017] - Arroba começa a subir com alta da carne
[10/11/2017] - Vendas de carne começam a melhorar
[10/11/2017] - Agro brasileiro exportou R$ 8 bi em um mês
[10/11/2017] - Lucro do Minerva tem alta de 81%
[10/11/2017] - Deputados protestam contra destruição de fazenda
[10/11/2017] - Mercosul: Brasil pode igualar exigência sanitária
[09/11/2017] - Mercado futuro indica alta para a arroba do boi
[09/11/2017] - Arroba não acompanhou alta das exportações
[09/11/2017] - Arroba sobe em algumas praças
[09/11/2017] - Reposição: chuvas devem puxar demanda
[09/11/2017] - Porte de arma no campo é aprovado em comissão
[08/11/2017] - Arroba: pressão de baixa está perdendo força

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br