Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
147,00 131,00 142,00
GO MT RJ
140,00 134,00 139,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1300,00
Garrote 18m 1570,00
Boi Magro 30m 1970,00
Bezerra 12m 980,00
Novilha 18m 1180,00
Vaca Boiadeira 1330,00

Atualizado em: 18/1/2018 12:21

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Crise é causada pelo poder da JBS

 
 
 
Publicado em 12/06/2017

A concentração da JBS no mercado de carnes é apontada por pecuaristas, especialistas e integrantes do governo como a principal causa da crise no setor: um tropeço da empresa afeta praticamente toda a cadeia de compra e venda de gado. A redução do tamanho do frigorífico e, por tabela, da presença da JBS no mercado é vista agora como saída para o setor de proteína animal no Brasil.

O encolhimento da empresa, que cresceu com crédito subsidiado, poderá ter um efeito positivo, com a inclusão de pequenos e médios frigoríficos no setor, hoje marcado por um oligopólio de três a quatro empresas. Essa é a visão do Ministério da Agricultura, que defende medidas de estímulo à entrada de novas empresas no mercado, e de alguns especialistas.

A diferença do tamanho da JBS para suas principais concorrentes é gigantesca. A companhia tem 36 unidades de processamento de bovinos, 30 centros de distribuição e três de confinamento, espalhados por 17 estados. Enquanto isso, a Marfrig tem nove unidades de processamento de bovinos em sete estados, e a Minerva Foods concentra 11 unidades industriais e oito centros de distribuição.

Ex-presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o advogado Ruy Coutinho do Nascimento acredita que o cenário pode melhorar, principalmente em Mato Grosso, Rondônia e Pará. Segundo Coutinho, nesses estados a JBS vinha comprando ou arrendando frigoríficos de médio e pequeno portes, para depois fechá-los.

— Com isso, a empresa se torna fortemente monopolista, comanda tudo, incluindo preços. E essa prática também atinge frigoríficos de grande porte. Em Nova Xavantina (MT), a JBS arrendou um frigorífico que abatia 1.500 cabeças por dia — diz Nascimento. — No meu entendimento, isso é abuso de poder dominante.

Ele recomenda que tanto o Cade como os órgãos de defesa da concorrência do Mercosul fiquem atentos ao que vai acontecer na região. Há o risco de, em vez de haver mais concorrência, a concentração se manter, com a aquisição de unidades da JBS pela Minerva — semana passada, as empresas negociaram unidades em Uruguai, Paraguai e Argentina — e outros frigoríficos de grande porte.

José Delchiaro, também especialista em defesa da concorrência, espera que possa ser restabelecida uma concorrência saudável, sem apadrinhamentos:

— A JBS é um dos mais marcantes exemplos de compadrio entre Estado e empresários. Com a leniência apresentada, os fatos vão demonstrar o indevido fortalecimento de um grupo às custas de financiamentos arcados pela sociedade, em detrimento da concorrência, por atuar em condições privilegiadas. Com iinformações do jornal O Globo.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[18/12/2017] - Boletim Notícias da Pecuária em férias coletivas
[15/12/2017] - Arroba: frigoríficos correm atrás de boi
[15/12/2017] - Carne sobe e está no maior preço do ano
[15/12/2017] - Exportações de carne podem bater novo recorde
[15/12/2017] - CNA: manutenção de vacina complica vendas aos EUA
[15/12/2017] - Senado aprova Lei do Funrural mas Temer deve vetar
[15/12/2017] - Produtor foi expulso de terras por indígenas

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[15/12/2017] - Índios são usados para obter verbas públicas
[15/12/2017] - ARTIGO: Governo é dono de 47% das terras do País
[15/12/2017] - Esvaziada, CPMI da JBS acaba
[14/12/2017] - Arroba: altas são generalizadas
[14/12/2017] - Arroba: frigoríficos têm dificuldade para comprar
[14/12/2017] - Exportações de carne seguem fortes em dezembro
[14/12/2017] - Exportações de carne do MT batem recorde
[14/12/2017] - Abates cresceram 9% no terceiro trimestre
[14/12/2017] - MAPA cede e facilita importação de trigo russo
[13/12/2017] - Arroba: frigoríficos estão precisando comprar boi
[13/12/2017] - Reposição ganha força com a chegada das chuvas
[13/12/2017] - Exportação de gado subiu quase 32% em 2017
[13/12/2017] - Agência prevê 2018 melhor para os frigoríficos
[13/12/2017] - Mercosul cede, mas UE adia acordo para 2018
[13/12/2017] - Brasil trabalha forte para abrir mercado britânico
[13/12/2017] - Maggi crê que mercado dos EUA será reaberto logo
[13/12/2017] - Argentina ganha espaço entre os exportadores
[13/12/2017] - JBS deverá devolver terreno de frigorífico no MT
[13/12/2017] - Câmara conclui aprovação da Lei do Funrural
[13/12/2017] - Famato pede prorrogação para inscrição no CAR
[13/12/2017] - MST invade fazenda recém-desocupada no Paraná
[12/12/2017] - Exportações de carne bovina: recorde histórico
[12/12/2017] - MAPA vai atender exigências dos russos
[12/12/2017] - Arroba: frigoríficos tentam segurar alta do boi
[12/12/2017] - Produção de carne fica estável no MS
[12/12/2017] - Frigoríficos criticam imposto menor para o boi
[12/12/2017] - Mais um processo contra a JBS e Wesley Batista
[12/12/2017] - UE quer abertura, mas carne bovina ainda é entrave
[11/12/2017] - Operação da PF investiga propina da JBS a fiscal
[11/12/2017] - Arroba continua a subir com firmeza
[11/12/2017] - Carne sobe e melhora perspectiva para o boi
[11/12/2017] - Reposição começa a se agitar no Tocantins
[11/12/2017] - Acordo com a UE pode ser anunciado até o dia 21
[11/12/2017] - Missão oficial de Hong Kong inspeciona frigorífico
[11/12/2017] - Funrural: votação deve acabar amanhã na Câmara
[11/12/2017] - Venda de milho está parada
[08/12/2017] - Arroba: frigoríficos pagam cada vez mais pelo boi
[08/12/2017] - Frigoríficos: vendas para o Natal surpreendem
[08/12/2017] - Reação do mercado agora depende do consumidor
[08/12/2017] - JBS diz que vai recuperar o mercado perdido
[08/12/2017] - BNDES deve vender ações da JBS
[08/12/2017] - JBS mantém planos de vender ações em NY
[08/12/2017] - Venda da Itambé pode parar na Justiça
[08/12/2017] - Governo do MS reduz impostos para laticínios
[08/12/2017] - Preço do farelo de algodão cai com força
[07/12/2017] - Arroba: boi sobe e tem mais espaço para alta
[07/12/2017] - Preço do bezerro sobe com volta das chuvas
[07/12/2017] - Exportações podem fechar ano com forte alta
[07/12/2017] - Ameaça de Trump faz México buscar carne do Brasil
[07/12/2017] - Negociações para reabertura da Rússia vão bem

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br