Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
139,00 131,00 134,00
GO MT RJ
131,00 129,00 134,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1190,00
Garrote 18m 1420,00
Boi Magro 30m 1700,00
Bezerra 12m 890,00
Novilha 18m 1120,00
Vaca Boiadeira 1340,00

Atualizado em: 20/10/2017 10:36

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

O rabo que abana o cachorro
 
 
Publicado em 17/03/2011

Editorial do jornal O Estado de S. Paulo
Publicado em 17/03/2011

O Incra é uma enorme autarquia de eficiência administrativa discutível (suas metas de assentamento rural estão longe de serem cumpridas e os dados que divulga não são confiáveis), em primeiro lugar, porque se transformou num cabide de empregos do PT. Esta é a conclusão a que chegou o próprio governo petista, de acordo com uma minuta de portaria em estudo no Ministério de Desenvolvimento Agrário, divulgada pelo Estado (12/3), cujos termos revelam a intenção de criar mecanismos de controle sobre as 30 superintendências regionais do Incra. Essas superintendências definem planos e administram recursos com um grau de autonomia que foge ao controle até mesmo da presidência da autarquia. De fato, o Incra de hoje é fenômeno típico de um estilo de governo que durante oito anos usou a farta distribuição de cargos e benesses no aparelho do Estado para acomodar situações de desconforto e cortejar tendências políticas radicais, em troca de apoio e em benefício da imagem "progressista" do chefão. Como resultado, aquela autarquia se transformou num órgão muito mais poderoso do que o Ministério ao qual está vinculada. Situação que, aparentemente, o governo Dilma se dispõe a reverter.

Vinte e seis das 30 superintendências regionais são dirigidas por petistas, a maioria filiada à tendência Democracia Socialista, que desde 2003 domina o órgão. Durante os oito anos do governo Lula, a reforma agrária, historicamente uma das mais importantes bandeiras de seu partido, permaneceu praticamente congelada. Mas, entretidos com os jogos do poder, que incluem a manipulação de vultosos recursos orçamentários, os esquerdistas acomodados no Incra não perturbaram a paz e ajudaram a inflar o prestígio do chefe do governo. É assim que a autarquia criada em 1970 tem cumprido sua missão de "implementar a política de reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional, contribuindo para o desenvolvimento rural sustentável", como está definido em seus estatutos.

O próprio governo Lula, com o pragmatismo que o levou a manter os fundamentos da política econômica e dos projetos sociais de seus antecessores, encarregou-se de desmitificar o tema reforma agrária, minimizando na prática a importância do conflito ideológico entre agricultura familiar e agronegócio. Assim, o trabalho do Incra deixou de ser prioridade de governo. Mas nem por isso a autarquia deixou de crescer. Hoje tem cerca de 6 mil funcionários, enquanto o Ministério do Desenvolvimento Agrário dispõe de cerca de 250. E em 2010 trabalhou com um orçamento de R$ 4,3 bilhões, oriundos da dotação de R$ 6,3 bilhões que coube à Pasta à qual se vincula. E como a atividade-fim original parece já não ter a mesma importância, todo esse aparato tem cumprido um importante papel propagandístico.

Recentemente o Incra anunciou que o governo Lula é o grande campeão da reforma agrária, tendo sido responsável pela incorporação de 48,3 milhões de hectares às áreas de assentamento e pela distribuição de lotes a 614 mil famílias. Mas em reportagem de Roldão Arruda publicada pelo Estado em 28 de fevereiro, ficou demonstrado que esses dados foram inflados artificialmente. Segundo informações divulgadas pelo próprio Incra desde 2003 e analisadas pelo pesquisador da USP Ariovaldo Umbelino de Oliveira, um terço (26,6%) das famílias cujo assentamento se atribui ao governo Lula, antes disso já vivia e produzia na zona rural, mas sem título de propriedade. O governo tão somente as incluiu nos programas de apoio à agricultura familiar. Além disso, 38,6% do total de novas famílias dadas como assentadas são pessoas que ocuparam lotes abandonados em áreas de reformas já existentes. Trata-se, portanto, de simples reordenação fundiária e não de novos assentamentos.

É compreensível, portanto, que o governo Dilma se disponha a enquadrar o Incra nos princípios da boa gestão da coisa pública, com o que estará pondo fim ao singular fenômeno, nas relações da autarquia com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, do rabo que abana o cachorro.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

Regras para a publicação de comentários


   Outros Artigos
 
[05/05/2014] - Kátia Abreu: O verde que escraviza
[28/10/2013] - ARTIGO - A bússola da paz
[15/07/2013] - ARTIGO: Agronegócio competitivo
[11/06/2013] - ARTIGO - Índios contemporâneos
[04/06/2013] - O GLOBO: Funai amplia insegurança jurídica
[05/11/2012] - ARTIGO - A tragédia da Funai
[23/08/2012] - ARTIGO - Aquisição de terras por estrangeiros
[23/07/2012] - ARTIGO - Brasil, celeiro do mundo
[18/06/2012] - ARTIGO - Cuidado com os burocratas verdes
[18/06/2012] - ARTIGO - Terra para estrangeiros
[04/06/2012] - ARTIGO - Novo Código e o setor produtivo
[29/05/2012] - ARTIGO - Código Florestal: o retorno
[21/05/2012] - ARTIGO - Veto à comunicação desonesta
[17/05/2012] - ARTIGO - Querem salvar a Delta via BNDES
[15/05/2012] - ARTIGO - Touro ambiental
[05/04/2012] - ARTIGO - Código Florestal, paz e segurança
[19/03/2012] - ARTIGO - Código Florestal: utopia ou loucura?
[15/03/2012] - ARTIGO - Produção leiteira requer controle rigoros
[01/03/2012] - ARTIGO - A Cadeia Quebrada
[29/02/2012] - ARTIGO - Brasil igual aos Estados Unidos?
[12/12/2011] - ARTIGO - O novo Código Florestal
[31/10/2011] - ARTIGO - Crime de lesa-humanidade
[06/10/2011] - ARTIGO: Carne bovina vive instabilidade
[26/09/2011] - ARTIGO - A proteção do rebanho
[08/08/2011] - ARTIGO - A marcha a ré do MST
[25/07/2011] - ARTIGO - De quintal a reserva legal
[11/07/2011] - ARTIGOS - O MST interpela a presidente
[28/06/2011] - ARTIGO - Bandidagem agrária
[09/06/2011] - ARTIGO - Embargo russo pode gerar sérios danos
[06/06/2011] - ARTIGO - Código Ambiental Internacional
[02/06/2011] - ARTIGO - O Código Florestal e a quinta-coluna
[24/05/2011] - ARTIGO - Sim à agropecuária e ao meio ambiente
[24/05/2011] - ARTIGO - O Código e o Desmatamento
[10/05/2011] - ARTIGO - Miriam Leitão e a sombra da vara torta
[03/05/2011] - ARTIGO - O arroto do boi
[06/04/2011] - ARTIGO - Não há filé grátis
[22/03/2011] - ARTIGO - O preço dos alimentos
[11/03/2011] - Cooperativismo gera bons resultados à pecuária
[17/02/2011] - Real valorizado trava exportações de lácteos
[08/02/2011] - Leite sob suspeita
[03/02/2011] - Argentina: situação da pecuária é dramática
[17/01/2011] - ARTIGO - MST: a imagem do atraso
[14/12/2010] - ARTIGO - Frialto: Não gosto de prato feito
[25/11/2010] - ARTIGO - Produção de leite gera valor agregado
[08/11/2010] - ARTIGO - JBS: vale a pena um campeão nacional?
[21/10/2010] - Exportação de bois impulsiona economia
[12/08/2010] - ARTIGO - Pecuária e sustentabilidade
[30/07/2010] - ARTIGO - Modernização no campo
[27/07/2010] - ARTIGO - A campanha da Irlanda
[23/07/2010] - ARTIGO - As escolhas do BNDES
[19/07/2010] - ARTIGO - Fazendas lá, ambientalistas aqui
[06/07/2010] - Dilma: plano de direitos humanos está no programa
[02/07/2010] - ARTIGO - O boi pantaneiro e o Código Florestal
[06/04/2010] - ARTIGO - Bandeira do atraso
[05/04/2010] - ARTIGO - Os crimes anunciados do MST
[24/03/2010] - ARTIGO - Onde está a Pecuária no PAC?
[22/03/2010] - ARTIGO - Verdade ambiental x fundamentalismo
[19/03/2010] - ARTIGO- Adidos agrícolas
[24/02/2010] - ARTIGO - A banalização das invasões
[18/02/2010] - ARTIGO - Preconceito contra o agronegócio
[11/02/2010] - ARTIGO - Justiça: direito de todos
[25/01/2010] - ARTIGO - Guerrilha e redemocratização
[18/01/2010] - Direitos humanos e direito de propriedade
[14/12/2009] - ARTIGO - Boi verde, boi criminoso
[07/12/2009] - ARTIGO - Dá para entender o MST?
[02/12/2009] - Mercado acredita em arroba 10% menor
[26/11/2009] - ARTIGO - Carne e boi: o que subiu e caiu em 2009
[16/11/2009] - ARTIGO - Confisco de terras produtivas
[10/11/2009] - ARTIGO - O Brasil real e Copenhague
[30/10/2009] - ARTIGO - De São Paulo para Goiás e Pará
[26/10/2009] - ARTIGO - Agronegócio chantageado
[16/10/2009] - ARTIGO - MST: Ibope confirma o evidente
[08/10/2009] - ARTIGO - De novo o MST
[28/09/2009] - ARTIGO - A insensatez dos índices de produtividade
[24/09/2009] - ARTIGO - Tenha dó!
[17/09/2009] - ARTIGO - Qual a importância da pecuária brasileira
[11/09/2009] - ARTIGO - Desatino rural
[10/09/2009] - ARTIGO - Amazônia além do discurso
[31/08/2009] - ARTIGO - Mais preconceito
[24/08/2009] - ARTIGO - Agricultura x Ideologia
[20/08/2009] - ARTIGO - Rastreabilidade é dever de todos
[19/08/2009] - Rastreabilidade: Querem espantar o pecuarista?
[17/08/2009] - ARTIGO - MST manda no País
[12/08/2009] - Nova ameaça à produção
[07/08/2009] - Mais espaço para os sem-terra
[29/06/2009] - Meio ambiente e alimentos, juntos para sempre
[29/06/2009] - O desmatamento é desnecessário
[23/06/2009] - Gianetti: Basta de hipocrisia de ONGs estrangeiras
[23/06/2009] - A pecuária precisa se mexer
[23/06/2009] - Kátia Abreu: A caixa de grilo e o olho do satélite
[08/06/2009] - Roberto Rodrigues: Paz com tecnologia
[04/06/2009] - Minc: Um estorvo para o meio ambiente
[03/06/2009] - Campanhas de consumo: cadê a carne bovina?
[02/06/2009] - Couro: o que o pecuarista tem com isso?
[05/05/2009] - Boi gordo: final de safra típico
[22/04/2009] - É hora de vender boi no mercado futuro?
[09/04/2009] - Retomada das exportações de carne bovina
[25/03/2009] - Boi - o custo dos equívocos
[10/03/2009] - A crise no setor de carne bovina
[19/02/2009] - Carne bovina: cuidado com meias verdades
[03/02/2009] - A insensatez ao metro quadrado
[02/02/2009] - O confinamento do pós-crise
[16/12/2008] - Afirmação e Ruptura
[28/10/2008] - Desmatamento zero
[29/09/2008] - Vítimas
[22/09/2008] - Mitos e fatos sobre o consumo de carne bovina
[03/09/2008] - Pesquisa da USP analisa perda de amido em bois
[04/06/2008] - Bois no colete
[26/05/2008] - Qual latifúndio?
[20/05/2008] - Dilema da comida
[08/05/2008] - Cuidados com a vaca no final da gestação
[25/04/2008] - Uma boa oportunidade para o setor leiteiro
[22/04/2008] - Gradeação ecológica
[04/04/2008] - Os vários interessados na carne brasileira
[27/02/2008] - A carne na OMC
[26/02/2008] - Rapina ambiental
[24/01/2008] - Técnico da ABCZ: consultor, assessor e jurado
[23/01/2008] - A complacência da sociedade chega ao limite
[22/01/2008] - Desleixo sanitário
[09/11/2007] - EDITORIAL: Vender na baixa para comprar na alta?
[08/11/2007] - O choro desesperado dos irlandeses
[23/10/2007] - Capim Italiano ou Sorgo em diferentes épocas
[28/09/2007] - Carne: O momento de agir é agora
[13/09/2007] - Campo aguarda retorno ao Estado de Direito
[28/08/2007] - Quilombola
[28/08/2007] - Embrapa trabalha preservação do gado Pantaneiro
[09/08/2007] - Técnicas simples e baratas preservam pastagens
[18/07/2007] - Eliminar umidade de cochos preserva saúde
[18/07/2007] - Corda de enforcado
[02/07/2007] - Prevenir doenças em animais confinados
[20/06/2007] - Manejo e nutrição corretos na produção de bezerras
[28/05/2007] - EDITORIAL: A Navalha e a re-reeleição de Lula
[16/05/2007] - Bife aguado
[03/05/2007] - O vilão é o Brasil, seja qual for o motivo
[25/04/2007] - EDITORIAL: Um craque que fará falta à ExpoZebu
[18/04/2007] - Bolso cheio, bolso vazio
[11/04/2007] - O avanço da cana sobre o pasto
[10/04/2007] - Silagem de capim: economia e bons resultados
[22/03/2007] - Vender mais com menores custos
[12/03/2007] - Funai quer reserva em SC para índios paraguaios
[23/02/2007] - Reforma agrária: quantidade dez, qualidade zero
[17/02/2007] - A culpa pela criminalidade agora é nossa?
[15/02/2007] - O sucesso do bife de 115 reais
[08/02/2007] - Entre o dólar e os impostos
[07/02/2007] - Criadores ensinam como começar em exposições
[31/01/2007] - Gases da pecuária - o outro lado da moeda
[17/01/2007] - Incremento de pastagem na planície pantaneira
[04/12/2006] - É hora de repartir o pão (e a carne)
[27/11/2006] - Utilização racional de touros em monta natural
[09/11/2006] - Sistema de pecuária orgânica no Pantanal
[30/10/2006] - EDITORIAL: Eleição mostra retrato cruel do setor
[19/10/2006] - Produtor rural cria fazenda auto-sustentável
[10/10/2006] - EDITORIAL: Dimenstein e a injustiça contra FHC
[05/10/2006] - As Braquiárias no Pantanal
[15/09/2006] - A Pecuária e as pastagens do Pantanal
[30/08/2006] - Resistência da mosca-dos-chifres a inseticidas
[25/08/2006] - EDITORIAL: O "bom governo" de Lula
[17/07/2006] - Aumento de índices ameaça empresários rurais
[03/07/2006] - ARTIGO: Encruzilhada
[28/06/2006] - Seleção e descarte de matrizes no Pantanal
[07/06/2006] - ARTIGO: Lula comprou o Brasil
[23/05/2006] - Brasil, o Mato Grosso do Sul e o Produtor Rural
[13/04/2006] - Rebanho desgarrado
[14/02/2006] - EDITORIAL: Um novo Fundepec?
[07/10/2005] - ARTIGO: Frigoríficos: parceiros ou vilões?
[04/10/2005] - ARTIGO: Uma lei que prejudica a todos
[18/05/2005] - EDITORIAL: Um governo sem rumo
[03/05/2005] - Voz via Internet substitui telefone em fazendas

     Clique aqui para retornar ao índice de artigos


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br